ALEXANDRE ARRAES ANUNCIA SECRETARIADO DA SUA ADMINISTRAÇÃO

O prefeito eleito de Araripina, Alexandre Arraes (PSB) anunciou na manhã deste domingo (30) no Centro Tecnológico do Araripe a equipe de Secretários que farão parte da sua administração.

A equipe de Secretários é composta por pessoas com habilidades políticas e técnicas. De acordo com o prefeito este modelo é baseado na forma de administrar do PSB. “Estamos trazendo para dentro da Prefeitura de Araripina o modelo administrativo do Governo do Estado”, destacou. “Será prioridade em nossa equipe pessoas que entendam das políticas públicas, das relações interpessoais e do conhecimento técnico. Esse conjunto de conhecimentos facilitará o trabalho em torno de uma Araripina desenvolvida nos seus diversos setores”, completou.

Logo após o anúncio Alexandre Arraes se reuniu com a imprensa local onde concedeu coletiva para detalhar as primeiras ações do seu governo. Logo na primeira semana de administração será enviada para a Câmara Municipal a reforma administrativa do município que irá dar mais modernidade e mobilidade à maquina pública.

De acordo com Alexandre Arraes existem duas equipes trabalhando para realizar a renegociação da dívida ativa do município de maneira a tirar Araripina da inadimplência e a partir de então buscar recursos estaduais e federais. Essa frente de trabalho é fundamental, pois as receitas próprias do município representam apenas 3.61% do total.

Durante a coletiva o prefeito eleito ainda falou sobre a implantação da nota fiscal eletrônica, duplicação da tubulação de água para melhorar o abastecimento na cidade e outros.

A posse de Alexandre Arraes será na terça-feira (1º) a partir das 18hs na Praça da Igreja Matriz.

Secretariado da administração Alexandre Arraes

Ação Social – Fernanda Maria Ramos

Autarquia de Trânsito e Transportes de Araripina – Sebastião Arrais de Araújo

ARARIPREV – José Ivaldo de Souza

Autarquia Educacional do Araripe – Maria Darticlea Albuquerque Lima

Ciências, Tecnologia e Meio Ambiente – Cristina Ribeiro de Alencar

Chefe de Gabinete – Giordany Andrade

Desenvolvimento Rural – Brenno Nogueira Muniz Ramos

Distritos, Vilas e Povoados – Flavio Hernades Modesto Simeão (Danda Simeão)

Educação – Cibely Lima Batista

Esportes – Luiz Bras da Penha

Finanças – Ana Maria Pereira de Andrade

Gestão e Planejamento – Valdir Alencar e Souza

Direitos da Mulher – Fabíola Paiva da Rocha

Obras e Infraestrutura – Mario José Reis de Souza

Projetos e Desenvolvimento Econômico – Maria Ramos Muniz

Saúde – Natércia Gomes de Souza

Turismo, Cultura e Lazer – Lídio José Santiago Muniz Falcão

Ascom

Share Button

EM SALGUEIRO A COISA VIROU SAMBA DE UMA NOTA SÓ: É NEPOTISMO CRUZADO PRA TODO LADO

Por Machado Freire

No poder há doze anos consecutivos, o prefeito reeleito de Salgueiro, Marcones Libório (PSB) subestimou a inteligência dos seus conterrâneos -em particular da classe médica (a que pertence) ao anunciar o nome de uma técnica em contabilidade para assumir a pasta da Secretaria Municipal de Saúde. Além disso, a nova secretária  Vanda Freitas de Lima é sogra de uma filha do prefeito, além de uma relação de parentesco com o vereador Ednaldo Barros(PTB).

Outro fato que chama a atenção e que deverá ser explorado pela oposição é o caso do prefeito não ter divulgado – como é de praxe, o currículo dos seus futuros auxiliares diretos. Ao anunciar o secretariado que conta com a filha (Paava Carvalho para  Cultura e Esportes) de um vereador eleito Hercílio Carvalho (PT) e de um primo legitimo Marcelo Sá (para o Planejamento) do chefe do Executivo, o prefeito  fez questão de frisar que a transparência é uma das principais exigências na sua administração “que continuará em  fazer  muito mais”.   Para a oposição, Marcones Sá  voltou a colocar o “deboche”  como o forte do seu discurso.

SAÚDE: Em nenhum momento de sua fala Marcones Libório de Sá se reportou ao tema saúde que foi um dos mais criticados pela oposição na última campanha, tendo como detalhe o fato de Salgueiro ser o único município do Sertão Central cuja prefeitura  não conta com uma ambulância. A situação é tão critica que no inicio do mês de dezembro um irmão do prefeito teve que ser socorrido para o Recife em um avião cedido pelo Estado, por falta de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Na verdade, existe o projeto da construção de UTIs no município está sendo bancado pelo Governo do Estado em uma parceria público-privada bem adiantada, sem que a prefeitura de Salgueiro tenha participado do processo nem mesmo para opinar contra  a péssima localização das futuras UTIS, em uma avenida das mais movimentadas e em cujo prédio não existe espaço para estacionamento.

Share Button

PREFEITO DE MOREILÂNDIA É CASSADO PELO JUIZ MAS RETORNA POR ORDEM DO DESEMBARGADOR AGENOR FERREIRA

Por Machado Freire

Dia 21, o prefeito não reeleito de Moreilândia, João Angelim (PTB) teve o seu mandato cassado pelo juiz substituto da comarca, Demetrius Silveira Aguiar, que acatou denúncia do Ministério Público,  por improbidade administrativa. O magistrado determinou em sua sentença que o gestor perdeu os seus direitos políticos, a função pública e teve seus bens  indisponibilizados, além da obrigação de fazer ressarcimento ao erário (quantia não revelada).

O magistrado  também comunicou sua decisão à presidência da Câmara Municipal e ao vice prefeito, Carlos Bezerra que assumiu o cargo imediatamente e passou a tomar pé da situação do município em contato com os funcionários da Prefeitura  e lideranças ligadas ao prefeito eleito Jesus Felizardo (PRB).  No mesmo ato, o juiz   solicitou que sua decisão fosse encaminhada à rede bancária, dando conta de que o prefeito afastado não “poderia  fazer mais  qualquer  movimentação financeira como pagamento, saque, compensação, etc ”

Nesta quinta-feira,  27,  as lideranças que fazem oposição ao prefeito foram surpreendidas com uma liminar concedida pelo desembargador do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Agenor  Ferreira de Lima Filho  determinando a volta de João Angelim ao comando do Executivo.    A primeira iniciativa de Angelim foi a  suspensão dos poderes concedidos ao vice-prefeito  Carlos Bezerra, e a busca de informações sobre as contas da prefeitura na agência  do Bando do Brasil.

Informações repassadas pela assessoria do prefeito eleito, Jesus Felizardo dão conta de que antes de ter o mandato cassado João Angelim havia  empenhado despesas que passam de R$3 milhões. Este fato teria dado causa  á sua insistência em desbloquear as contas da prefeitura tendo em vista, inclusive,  uma ação  movida pelo Sindicato dos Servidores do Município que bloqueou os recursos do Fundeb  e algo em torno de 65% das cotas do Fundo de Participação do Município (FPM).

Também  há informações de que João Angelim tentou  desde quinta-feira junto ao gerente do Banco do Brasil  desbloquear as referidas contas, mas o seu pedido não teria sido aceito.  Como hoje (sexta-feira, 28), é  último dia para transações bancárias e no caso de Moreilândia a agência do Banco do Brasil encerrou suas atividades ao meio dia (horário do Sertão), João Angelim não deve ter sido  atendido conforme desejava.

Share Button

ALEXANDRE ARRAES ANUNCIA EQUIPE DE SECRETÁRIOS NO PRÓXIMO DOMINGO

O prefeito eleito de Araripina, Alexandre Arraes (PSB) anunciará sua equipe de Secretários no próximo domingo, dia 30 de Dezembro a partir das 10h no Centro Tecnológico do Araripe.

Durante toda esta semana Alexandre Arraes tem conversado individualmente com cada convidado para alinhar as ações que sua administração fará ao longo dos próximos quatro anos.

A equipe de Secretários da gestão Alexandre Arraes terá especialmente cunho técnico de maneira a trazer mais profissionalismo e conhecimento da área para cada Secretaria. De acordo com o prefeito eleito este modelo técnico é um dos pilares da administração do PSB. “Vamos priorizar em nossa equipe pessoas que se capacitaram ao longo da vida e que hoje poderão contribuir com o desenvolvimento e progresso de Araripina”, destacou.

O anúncio da equipe de Secretários faz parte das ações que começaram com a diplomação feita pela Justiça Eleitoral no dia 18 de Dezembro e culmina com a Posse no dia 1º de Janeiro de 2013 em praça pública a partir da 18h. (Ascom)

Share Button

INTERVENTOR DE ARARIPINA FAZ BALANÇO DO PERÍODO DE INTERVENÇÃO

O Interventor do Estado no município de Araripina, Adalberto Freitas Ferreira concedeu entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (28) para apresentar um balanço do período de Intervenção que começou em 14 de setembro e finda na próxima segunda-feira (31).

Estavam presentes à coletiva parte da equipe nomeada pelo Governador Eduardo Campos (PSB) como Renato Cirne (Controladoria Geral do Estado) e Bruno Cruz (Secretaria de Administração Estadual).  O prefeito eleito do município Alexandre Arraes (PSB) também esteve presente.

Adalberto Freitas inicialmente apresentou o cenário encontrado quando foi designado para assumir o controle do Poder Executivo destacando a instabilidade administrativa como principal ponto para atuação. Entre as irregularidades encontradas estão o comprometimento da receita com a folha de pagamento e o não recolhimento de tributos previdenciários, além do atraso no pagamento de serviços básicos como limpeza urbana e transporte escolar.

Ele também elencou algumas ações realizadas em áreas importantes como educação, saúde, ação social, agricultura e especialmente no que tange à administração da sede municipal. Foram atualizados os sistemas tributários e contábeis, além da modernização do Portal da Transparência que agora torna pública qualquer movimentação financeira e também publica integralmente a folha de pagamento. Estas ações respeitam o que preconiza a Lei de Acesso a Informação.

Com relação à redução da folha de pagamento, Adalberto Freitas destacou que encontrou a Prefeitura com um comprometimento em torno de 65% das receitas e que em três meses executou uma economia na ordem de R$1.161.040,00. Ainda em valores o Interventor falou sobre o Fundo de Previdência de Araripina (ARARIPREV) que o encontrou com saldo em caixa de apenas 26 mil reais e deixa um saldo de aproximadamente 850 mil reais com todos os pagamentos dos inativos em dias, inclusive o mês de dezembro e o 13º salário.

Adalberto Freitas reforçou que em três meses toda a equipe esteve empenhada em organizar, especialmente, o setor administrativo da Prefeitura de maneira que o próximo prefeito (Alexandre Arraes) dê continuidade a estas e outras ações iniciadas durante Intervenção. Ele também destacou o apoio das Secretarias Estaduais e da equipe da Prefeitura de Araripina. “Estivemos aqui para cumprir uma determinação do Governador Eduardo Campos que não mediu esforços e enviou diversos representantes de Secretarias Estaduais para nos apoiar. Também não posso deixar de agradecer a equipe que aqui encontrarmos, pois caminharam junto conosco durante este período”, afirmou. (Ascom)

 

Share Button

Presidente da Câmara Zé Bolacha participará do programa A Voz da Câmara neste domingo ás 15hs

O Presidente da Câmara de Vereadores de Araripina – José Reginaldo Muniz de Souza – ZÉ BOLACHA, avisa e convida a população de Araripina para ouvirem o último PROGRAMA A VOZ DA CÂMARA, que acontecerá no dia 30/12/2012, na rádio ARARI FM com início ás 15:00 horas, onde o mesmo fará o fechamento de sua gestão, referente ao Biênio 2011/2012, com a participação dos Vereadores Leonardo Farias Batista e Severino Lacerda.

Quem AMA Araripina, houve o PROGRAMA A VOZ DA CÂMARA. Domingo a partir das 15:00 horas.

Share Button

SÃO FRANCISCO PODE SER EXTINTO, DIZ BIÓLOGO

Por Daniel Carvalho

Após quatro anos de monitoramento do rio e das obras de transposição de parte das águas do São Francisco, o biólogo José Alves Siqueira, 41, e outros 99 pesquisadores alertam: o rio está em processo de “extinção inexorável”.

O professor integra a equipe da Univasf (Universidade Federal do Vale do São Francisco), em Petrolina (PE), contratada pelo governo federal para fazer o inventário da flora e da fauna ao longo de todo o trecho da obra.

O resultado encontrado no rio e nos 469 quilômetros de canais está no livro “Floras das Caatingas do Rio São Francisco: História Natural e Conservação” (Andrea Jackobsson Estúdio). Leia os principais trechos da entrevista.

*

Folha – O título do primeiro capítulo do livro assusta: “A extinção inexorável do rio São Francisco”. Como vocês identificaram esse processo e por que o consideram inexorável?
José Alves Siqueira – Eu fiz uma pesquisa minuciosa sobre todos os problemas históricos que ocorreram no São Francisco desde o seu descobrimento. A gente teve um dos rios mais piscosos do país. Com as barragens [Três Marias, Sobradinho, Paulo Afonso e Xingó], a gente perdeu todos aqueles peixes que sobem as corredeiras para se reproduzir. O São Francisco é o rio mais barrado do Brasil.

Se as coisas continuarem do jeito que estão, quanto tempo o São Francisco ainda tem?
A gente não tem como fazer um cálculo preciso. O processo está em curso, o rio está sofrendo profundamente com o desmatamento de suas matas ciliares.

Qual a participação da transposição neste processo?
Existe um passivo ambiental da obra, em torno de R$ 20 milhões, R$ 25 milhões. Esse recurso deve ser usado para implementar unidades de conservação. Podemos transformar o problema da transposição numa oportunidade.

Na prática, como a obra da transposição está colaborando com o processo?
Ainda não temos as respostas claras. A gente encontrou 62 espécies exóticas invasoras, que não são da flora brasileira, já nas áreas do canal. Quando ela [a invasora] chega, ocupa espaço de espécies nativas e provoca destruição das outras.

O senhor é favorável à obra?
A gente não está discutindo se é a favor ou contra porque a obra já está em curso. Hoje o nosso papel é tentar mitigar os impactos. Os impactos existem. [Mas] o que a gente pode fazer para tornar isso razoavelmente viável?

O senhor fala que ainda tem muito a se avançar nesse processo de mitigação dos impactos. Como?
Algo para ser feito em caráter emergencial [é] a implementação dos programas de recuperação de áreas degradadas. As grandes empreiteiras têm obrigação de implementar esses planos de recuperação. Isso não está acontecendo. Quando oferecem a possibilidade de fazer, fazem com espécies exóticas invasoras. A gente tem um conjunto de oportunidades que não pode perder vista. Não teremos uma segunda oportunidade. Não há nada de sensacionalista nisso. Não é uma crítica gratuita.

Qual o papel dessa estiagem prolongada no Nordeste neste processo de extinção do rio?
É mais um agravante porque a demanda por água aumenta. Os bancos de areia no São Francisco estão cada vez maiores. A gente está vivendo um processo de aquecimento global e a caatinga é o lugar do Brasil mais suscetível a essas mudanças climáticas. (Folha Online)

 

Share Button

BRASIL POSSUI MAIS DE 1 MILHÃO DE CASAS SEM LUZ

O Brasil ainda possui mais de 1 milhão de casas sem luz, quase o triplo do anteriormente estimado pelo governo.

É o que mostrou um levantamento feito a pedido da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) pelas 17 distribuidoras de energia do país cujos serviços ainda não foram universalizados –ou seja, que possuem lares em sua área de atuação sem ligação elétrica.

Segundo as empresas, serão necessários R$ 17,3 bilhões para levar luz a todas as residências.

Até então, o governo federal estimava haver apenas 378 mil casas sem energia elétrica no país, usando como base os dados do Censo 2010, do IBGE.

O número subsidiou a decisão do governo, em 2011, de instituir uma nova fase do programa Luz para Todos, com metas de universalização até 2014.

Diante dos novos dados, oito das 17 distribuidoras passaram a pleitear a prorrogação da data estipulada pelo governo.

No caso dos Estados de Tocantins, Bahia e Mato Grosso, por exemplo, onde há cerca de 380 mil casas sem luz, as empresas pedem que o prazo seja protelado para 2027.

Criado em 2003 para acabar com a “exclusão elétrica do país”, o Luz para Todos atendeu cerca de 14,4 milhões de residências, segundo cálculos do governo.

PRORROGAÇÕES

O programa, cujo prazo inicial terminaria em 2008, já foi prorrogado por duas vezes. Até o momento, foram investidos R$ 20 bilhões. Destes, R$ 14,5 bilhões foram repassados às distribuidoras pelo governo federal.

A revisão das datas para universalização das oito distribuidoras ainda serão julgadas pela Aneel.

O pedido das distribuidoras entrou na pauta da reguladora no dia 18 de dezembro, porém a decisão foi adiada para o ano que vem diante do pedido de vistas de um dos diretores. Segundo a agência, ainda não há previsão para que ao assunto volte à pauta. (Folha On Line)

Share Button

INSCRIÇÕES PARA SISU COMEÇAM EM 7 DE JANEIRO

BRASÍLIA – Os estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e obtiveram nota maior que zero na redação poderão se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) a partir do dia 7 de janeiro de 2013. Com o Sisu, o estudante concorre a uma vaga para cursos de universidades e institutos federais de ensino superior.

O Ministério da Educação ainda não divulgou o número de vagas disponíveis para o primeiro semestre de 2013. No segundo semestre de 2012, foram oferecidas 30 mil vagas. De acordo com o cronograma do Sisu, publicado nesta quarta-feira (26) no Diário Oficial da União, as inscrições vão até as 23 horas e 59 minutos do dia 11 de janeiro de 2013 (horário de Brasília) e devem ser feitas exclusivamente pela internet, no portal do Sisu.

Uma vez inscrito no Sisu, o candidato concorre a vagas em dezenas de instituições públicas cadastradas em todo o país. Para a seleção do primeiro semestre de 2013 valerá a nota do Enem 2012, cuja divulgação, segundo o MEC, será feita nesta sexta-feira (28).

Segundo o edital, o estudante poderá se inscrever em até duas opções de vaga e deverá especificar a ordem de preferência, o local de oferta, o curso e o turno. Além disso, será possível escolher a modalidade de concorrência – em 2013, o Sisu se adequará à Lei de Cotas, de agosto de 2012. As inscrições serão gratuitas e as instituições de ensino deverão disponibilizar acesso à internet aos estudantes interessados.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 14 de janeiro de 2013 e da segunda chamada, no dia 28 de janeiro, no site do Sisu e das instituições. No caso de notas idênticas, o desempate será feito pela seguinte ordem de critérios: nota na redação; nota em Linguagens, Códigos e suas tecnologias; nota em Matemática e suas Tecnologias; nota em Ciências da Natureza e suas Tecnologias e nota em Ciências Humanas e suas Tecnologias.

As matrículas serão feitas nas instituições nos dias 18, 21 e 22 de janeiro para a primeira chamada e 1º, 4 e 5 de fevereiro para segunda.

A partir desta quinta-feira (27), a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) disponibilizará uma ferramenta de busca com todos os cursos ofertados pelo Sisu no próximo semestre. A consulta poderá ser feita no portal da empresa. (Agência Brasil)

 

Share Button

HOMEM MATA O EX-CUNHADO DURANTE FESTA DE CONFRATERNIZAÇÃO EM IPUBI

A polícia de Ipubi, no Sertão de Pernambuco, realiza buscas nesta quarta-feira (26) para prender o acusado de matar o ex-cunhado durante uma festa de confraternização. O crime aconteceu nessa terça-feira (25) no sítio Baixa Fria, zona rural de Ipubi.

Segundo informações da Polícia Civil, Cícero de Lima Barbosa estava em uma festa de confraternização na casa onde morava, quando o acusado, Jailson Gonçalves da Silva, 24, chegou, discutiu com ele e atirou várias vezes contra Cícero. Ainda de acordo com a polícia, Jailson teria ido até a casa de Cícero depois de saber que ele teria agredido a ex-mulher dias antes.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Hospital Municipal de Ipubi. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia da 204ª Circunscrição, em Ipubi.

Share Button

SALÁRIO MÍNIMO SOBE PARA R$ 678

A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, anunciou nesta segunda-feira (24) que o salário mínimo em 2013 vai subir para R$ 678. O valor será publicado em decreto assinado pela presidente Dilma Rousseff no Diário Oficial da União da quarta-feira (26). Hoje o salário mínimo está em R$ 622.

Segundo Gleisi, o reajuste é de cerca de 9%, considerando a variação de crescimento mais inflação. O novo valor é também maior do que o previsto na proposta orçamentária para 2013, que é de R$ 674,96.

“É um bom anúncio de Natal para o trabalhador, reconhecendo o esforço de todos os trabalhadores para os resultados que o País teve nesse ano”, disse Gleisi, que esteve reunia mais cedo com a presidente Dilma. (Agência Estado)

Share Button

HOMENAGENS MARCARAM A REINAUGURAÇÃO DO PRÉDIO DA CÂMARA DE VEREADORES DE ARARIPINA

Uma solenidade bastante concorrida e cheia de emoções marcou neste domingo (23), a reinauguração da nova estrutura da sede da Câmara Municipal de Araripina. De forma diferente, o presidente da Casa Joaquim Pereira Lima, Zé Bolacha, preferiu marcar o ato inaugural com a celebração de uma missa pelo Padre Domingos Malan, que na ocasião abençoou o espaço e desejou um bom trabalho para os edis.

  

O presidente da Câmara Municipal de Araripina, vereador Zé Bolacha disse que aquele momento era histórico para o município. Comentou que a nova estrutura que foi construída tem comodidade e espaço físico para melhorar atender ao trabalho dos vereadores e dos funcionários da Casa do Povo, além de melhor receber a população.

Share Button

INTERVENTOR FARÁ ENTREVISTA COLETIVA NA PRÓXIMA QUINTA

                 Na próxima quinta-feira (27) o Interventor Estadual Adalberto Freitas concederá uma entrevista coletiva com a imprensa de Araripina. A Informação foi repassada ao blog pelo Jornalista Jorge Possetti, Assessor de Imprensa da Prefeitura Municipal.

 O Interventor Adalberto Freitas fará uma avaliação e prestação de contas dos três meses em que passou à frente do comando do Executivo Municipal. A intervenção no município termina no próximo dia 31 de dezembro.

Share Button