VEREADOR EVILÁSIO AFIRMA QUE O SEU COMPROMISSO POLÍTICO É VOTAR EM FERNANDO BEZERRA COELHO PARA GOVERNADOR

evilasio

O vereador Evilásio Mateus, líder do bloco de oposição em Araripina, durante entrevista ao Programa Canal Aberto da Rádio Arari FM, apresentado pelo radialista Martinho Filho, afirmou categoricamente que o seu compromisso político é de votar em Fernando Bezerra Coelho para governador do estado. Ele garantiu que se o candidato do Palácio for outro nome tomará outro rumo político, podendo, inclusive, votar até em Armando Monteiro. “Sou político de grupo e de um lado só. A minha vida pública sempre foi pautada na verdade e na palavra. Tenho compromisso político com o ex-ministro Fernando Bezerra Coelho e com o deputado federal Fernando Filho. A minha posição é bem clara, se Fernando for o candidato a governador tem o meu apoio. Caso contrário, seguirei outro rumo. Mas, mantenho o meu apoio ao deputado federal Fernando Filho, que tem o nosso apoio e vamos trabalhar para dar uma grande votação a ele em Araripina”, disse Evilásio.

Vale destacar que desde que fez aliança política com o ex-ministro e o deputado federal, o vereador Evilásio ganhou musculatura no bloco de oposição, sendo considerado hoje um dos grandes líderes, vez que conquistou ações importantes para o município e ampliou o seu arco de aliados. Quando questionado se teria acontecido algum estremecimento político com os líderes políticos da oposição, a exemplo do ex-prefeito Lula Sampaio e do deputado estadual Raimundo Pimentel, Evilásio afirmou que vem trabalhando politicamente de forma clara e objetiva e buscando o seu espaço e crescimento. “É natural que isso aconteça, até porque tenho três mandatos de vereador e sempre fui leal ao grupo que pertenço. Tenho também todo o direito de buscar o meu espaço político, definiu Evilásio, afirmando que não mais disputará eleição para vereador. “Quando encerrar o meu terceiro mandato não vou mais disputar eleição de vereador. Vamos buscar espaços para quem sabe disputar uma eleição majoritária”, finalizou.

Share Button

CAIXA LANÇA FUNDO DE INVESTIMENTO PARA INFRAESTRUTURA

A Caixa Econômica Federal anunciou o lançamento do seu primeiro fundo de investimento de crédito com objetivo de investir no setor de infraestrutura. O objetivo do banco é, conforme nota à imprensa, levantar R$ 100 milhões junto a investidores superqualificados, com investimentos superiores a R$ 1 milhão.

O fundo da Caixa, batizado de Caixa FI Crédito Privado Renda Fixa Infraestrutura I, visa aplicar os recursos captados em ativos que atendam às condições da lei 12.431/2011, que concede incentivos fiscais para investimentos em infraestrutura, principalmente, debêntures incentivadas de infraestrutura. Com isso, os investidores que aportarem recursos neste fundo poderão se beneficiar da redução da alíquota de Imposto de Renda sobre os rendimentos, que será igual a zero para pessoa física e 15% para jurídica.

“A criação do Fundo permitirá ao investidor contribuir com o crescimento nacional, uma vez que os projetos serão destinados à melhoria de rodovias, portos, ferrovias, aeroportos, telecomunicações, saneamento e energia”, avalia o superintendente nacional de Fundos de Investimentos Especiais da Caixa, Cassio Viana, em nota à imprensa.

A gestora de recursos da Caixa, com R$ 453 bilhões em recursos de terceiros sob sua administração, é a quarta maior do Brasil, conforme a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima). (Agência Brasil)

Share Button

EDUARDO CAMPOS DIZ QUE VAI RENUNCIAR MANDATO EM ABRIL DE 2014

eduardo

 

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), virtual candidato à Presidência da República, assumiu, pela primeira vez, que deve renunciar o comando do Executivo para disputar a eleição no próximo ano. O socialista afirmou nesta segunda-feira (30) que permanecerá no exercício do mandato até a data estabelecida pela legislação eleitoral, ou seja, até o dia 4 de abril. Nos bastidores, especulava-se que Campos poderia deixar o governo ainda no começo de 2014 para dar mais “carga” ao seu projeto presidencial.

“Vamos ficar até o prazo estabelecido pela Lei Eleitoral. A lei exige um prazo de desincompatibilização para aqueles que serão candidatos às eleições. Vou ficar no governo até o prazo legal, que é dia 4 de abril”, disse Eduardo Campos, em entrevista à Rádio Cultura de Palmares, município da Mata Sul pernambucana, onde o Governo do Estado entregou 707 casas da Operação Reconstrução nesta segunda-feira.

“Até o tempo que a legislação determina, vou estar em Pernambuco cuidando da minha tarefa, que é cuidar da segurança, da educação, da saúde, do saneamento, atraindo empresas para a geração de empregos. Esse é o meu dia-a-dia, que faço com grande ânimo e determinação”, completou Campos, que não citou outro prazo importante para o PSB: a escolha do candidato do partido ao governo de Pernambuco no próximo ano.

Comenta-se que a decisão seja realizada antes do carnaval, em março. Concorrem a indicação os secretários Milton Coelho (Governo), Tadeu Alencar (Casa Civil), Fernando Figueira (Saúde), Paulo Câmara (Fazenda), além do ex-ministro Fernando Bezerra Coelho, este último citado como o “favorito” entre o grupo. Existe uma apreensão no PSB depois da saída do PTB, do senador Armando Monteiro Neto, da base do governo. Armando, que é pré-candidato, já tem circulado e costurando apoios pelo estado. O trabalhista poderá contar com o apoio do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff, do PT.

Índice de desconhecimento

Falando como candidato, Eduardo Campos desconversou sobre os índices de desconhecimento alto apontado em pesquisas de intenção de votos em todo o país. O socialista afirmou que “haverá tempo” de percorrer todo o Brasil. “Temos a clareza de que neste país de dimensões continentais, que é muito grande, nós ainda temos um desconhecimento muito grande. Eu sou conhecido em Pernambuco, mas fora de Pernambuco nós só vamos vencer esse desconhecimento quando o debate da TV e do rádio for iniciado”, ressaltou.

Campos garantiu a filiação da ex-senadora Marina Silva, da Rede Sustentabilidade. Marina poderá ser candidata a vice numa eventual chapa presidencial do PSB. Campos, na entrevista, garantiu que saiu ganhando neste ano. “Ganhamos o ano de 2013 com muito trabalho e determinação. Quero agradecer a solidariedade de todo o povo pernambucano. Vamos entrar em 2014 para ganhar 2014, com muito trabalho, ânimo e fé no futuro”, disse o governador. (Diário de Pernambuco)

 

Share Button

FELIZ 2014! (SEM CORRUPÇÃO)

Por Machado Freire

É preciso iniciarmos 2014 abrindo os olhos da nossa juventude e dos movimentos sociais.
A vivência/experiência que temos em relação à corrupção são suficientes para promovermos um movimento constante e permanente contra todos esses atos de imoralidade pública, que em alguns municípios são “tolerados” por pessoas da má índole que acham simplesmente que é suportável conviver com o “rouba mas faz”.
Essa perniciosidade tem que acabar de uma vez e só vai acabar quando a população estiver com o espírito preparado, depois que receber boas lições de cidadania, dentro de casa, nas escolas e nas ruas.
As emissoras de rádio do interior devem criar programas específicos voltados para a moralização da coisa pública, levando para esses programas (que seriam debates com o microfone aberto para o público dizer o que sente e o que ver ) com a participação de sacerdotes, professores, juizes de direito, promotores, padres, pastores e políticos escolhidos a dedo.
Deve ser feita uma ação na base da catequese e doutrinamento da juventude para que no futuro tenhamos políticos/gestores mais decentes e, com isso, acabemos de uma vez com a bandidagem que abocanha o dinheiro público que é desviado da saúde, da educação, do meio ambiente e tantos outros projetos que ainda continuam nas gavetas.
Nós precisamos dizer ao mundo que não dá mais para continuarmos convivendo com essa bandidagem, com esse cinismo e essa falta de vergonha. E o cidadão comum, na condição de eleitor, também precisa se enquadrar, ter mais responsabilidade e não aceitar qualquer migalha -ou seja lá quanto for – para dar o seu voto. Voto não é mercadoria !
Vamos ver a possibilidade de somarmos esforços e, quem sabe, editarmos uma revista (um cordel, que é mais barato) para ser distribuída com a comunidade. Precisamos fazer um trabalho diuturno e permanente até chegamos a uma situação, digamos, suportável.
Não dá mais para a sociedade conviver com essa bandidagem travestida de político !
Feliz 2014, de coração !
*Jornalista e Editor do Jornal Folha do Sertão

Share Button

NO ÚLTIMO PRONUNCIAMENTO DA TV, DILMA FOCA NA ECONOMIA

dilma

BRASÍLIA – No último pronunciamento nacional em cadeia de rádio e televisão do ano, a presidenta Dilma Rousseff procurou passar para população uma mensagem de otimismo para 2014. Em um balanço de 2013, Dilma frisou que país termina o ano “melhor do que começou”, mesmo passando por crises internas e externas.

Em um recado aos “críticos”, a presidente disse que a “instalação da desconfiança” é muito ruim para o Brasil e que uma “guerra psicológica” pode inibir investimentos e retardar iniciativas.

Em pouco mais de 12 minutos, Dilma frisou que o Brasil tem motivos para esperar um 2014 “ainda melhor do que foi 2013”. “Sinto alegria de poder tranquilizar vocês dizendo-lhes que entrem em 2014 com a certeza que o seu padrão de vida vai ser ainda melhor do que você tem hoje, sem risco de desemprego, podendo pagar as prestações, em condições de abrir sua empresa ou ampliar seu próprio negócio”, disse a presidente.

Aos jovens, Dilma pediu que “usem a fotografia do presente e do passado recente” para projetar um “futuro melhor”. Em relação à economia, a presidenta frisou que seu governo teve “ação firme”, cortou gastos e “garantiu” o equilíbrio fiscal, reduziu o preço da conta de luz e dos impostos.

“Nesses últimos casos, enfrentando duras críticas daqueles que não se preocupam com o bolso da população brasileira”, discursou em relação à oposição. Ela acrescentou que o governo está “firme” na luta contra a inflação na manutenção do equilíbrio das contas públicas. “Sabemos o que é preciso para isso e nada nos fará sair desse rumo”, frisou Dilma.

A presidenta lembrou ainda do processo de concessões de portos, aeroportos e rodovias que, segundo ela, estão “melhorando a infraestrutura, iniciando a mais ampla, justa e moderna parceria de todos os tempos com o setor privado”.

Dilma acrescentou que, em 2013, o governo viabilizou a exploração do pré-sal, o que vai garantir “fabulosos recursos” para a educação e a saúde. “Estamos fazendo um esforço redobrado nesta área [educação]. Além de garantir mais vagas e mais qualidade em todos os níveis de ensino, aumentamos o número de creches e escolas em tempo integral, universidades e escolas técnicas”, disse.

A presidente disse que o Programa Mais Médicos levou 6.658 profissionais para 2.177 cidades e, em 2014, serão mais 13 mil médicos e 45 milhões de brasileiros beneficiados. No ano marcado pelos protestos de rua, a presidenta acentuou que o governo ampliou o diálogo com todos os setores da sociedade. “Escutamos seus reclamos implantando pactos para acelerar o cumprimento de nossos compromissos”, discursou.

Em recado direto a trabalhadores e empresários, ela se disse disposta a ouvi-los “em tudo que for importante para o Brasil.” Dilma frisou ainda que “apostar no Brasil é o caminho mais rápido para todos saírem ganhando”. Sem citar ações, Dilma ressaltou que o seu governo tem buscado apoiar “fortemente” as populações tradicionais, em especial os grupos indígenas e quilombolas. “Não deixamos, em nenhum momento, de lutar em favor de todos os brasileiros, em especial dos que mais precisam”, disse.

Reforçando o tom otimista para o próximo ano, a presidenta disse que o Brasil melhorou e pode melhor mais. “O Brasil será do tamanho que quisermos, do tamanho que imaginemos. Se imaginarmos um país justo e grande e lutarmos por isso, assim teremos”, prometeu Dilma. (JC Online)

Share Button

PROGRAMA MINHA CASA, MINHA VIDA AUMENTA FAIXA DE BENEFICIÁRIOS

minha

A presidente Dilma Rousseff estaria com a proposta de repaginar o programa Minha Casa Minha Vida para o ano de 2014. A ideia seria ampliar o valor máximo do imóvel financiado, hoje está em R$ 190 mil, atingindo mais uma parcela da classe média. A informação foi divulgada neste domingo (29) pela Agência Estado. Com a mudança, aumentaria a faixa de renda dos beneficiários do programa. Atualmente vai de R$ 1,6 mil a R$ 5 mil. Essa nova roupagem fortaleceria o Minha Casa, MInha Vida nos centros urbanos como São Paulo, Rio e Belo Horizonte.

O programa Minha Casa, Minha Vida deverá estar na vitrine da campanha eleitoral petista. A terceira fase do programa será lançada no próximo ano. O foco, agora, seria facilitar a compra da casa própria por jovens casais, principalmente em regiões metropolitanas e a meta dessa nova etapa será construir 3 milhões de moradias até 2017. Já foram entregues pelo programa 1,4 milhão das 3,7 milhões de unidades contratadas desde 2009.

Recentemente foram encomendados pela Presidência da República, estudos aos Ministério das Cidades e aos bancos públicos diagnosticando de que forma melhorar a imagem de Dilma Rousseff, especialmente entre a classe média. Elas teriam mostrado que a petista ainda estaria com a credibilidade afetada entre eleitores que ganham entre R$ 1.356 a R$ 3.390 por mês, público jovem, de 16 a 29 anos, e de áreas urbanas. Embora a aprovação de Dilma tenha melhorado na faixa dos menos escolarizados e mais pobres, em especial no Nordeste, a maioria dos entrevistados ainda pede “mudanças” e “coisas diferentes”. (Diário de Pernambuco)

Share Button

PMDB MANTÉM ALIANÇA COM DILMA ROUSSEFF, MAS FLERTA COM EDUARDO CAMPOS

dudujarbas

Cotado para, mais uma vez, ficar com a vice na chapa de reeleição da presidente Dilma Rousseff em 2014, o PMDB fecha 2013 com movimentos que ratificam sua “pluralidade” de caminhos. Nos estados, o partido vem se posicionando de modo a firmar vínculos bem diferentes da aliança nacional. E o PSB é um dos que aparece como parceiro preferencial da sigla do vice-presidente da República, Michel Temer.

Em Pernambuco, a aliança fechada com os socialistas para a disputa da eleição da Prefeitura do Recife no ano passado, deve se estender para o plano estadual, o que também significa apoio extra-oficial à candidatura presidencial de Eduardo Campos. No Mato Grosso do Sul, os irmãos Nelson (ex-prefeito de Campo Grande) e Fábio Tradd (deputado federal), acenam para uma coligação com o PSB. No Piauí e no Ceará, pontes são construídas. Já no Rio Grande do Sul o flerte evoluiu para namoro e pode dar em casamento.

“O PMDB segue a realidade estadual. Não tem um centro. (A definição de alianças) É estado por estado”, avalia o deputado federal gaúcho Beto Albuquerque, um dos condutores das articulações nacionais da pré-candidatura do governador pernambucano. Segundo ele, as diferenças entre o PT e o PMDB do Rio Grande do Sul são irreconciliáveis. “Lá o nosso movimento tem como prioridade a candidatura presidencial. E o PSB estará no palanque que der exclusividade ao Eduardo Campos”, diz.

Segundo ele, além do PMDB, o PP está conversando com os socialistas. “No PP, temos a senadora Anamélia (que chegou a ser cogitada para a cabeça da chapa com respaldo do PP) e agora, finalmente, o PMDB disse que o (senador Ivo) Sartori, com quem, inclusive o PSB governou Caxias do Sul, pode ser o candidato. Tivemos aliança, conhecemos ele, que é um ótimo gestor. Então, a gente está conversando com o PMDB”, completa.

José Ivo Sertori, ex-prefeito de Caxias, é citado por aqui, terra de Eduardo, como nome praticamente certo no palanque presidencial do PSB do Rio Grande do Sul. O ex-ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho (PSB), pré-candidato ao governo de Pernambuco, diz que Sartori já deixou claro que quer apoiar o pré-candidato socialista. O secretário geral do PMDB-PE, deputado federal Raul Henry, reforça a informação. “Ele (o ex-prefeito caxiense) diz que quer votar em Eduardo.”

Saiba mais

Estados onde peemedebistas podem apoiar o PSB

Pernambuco
O partido está fechado com os socialistas para 2014. Poderá indicar alguém para a chapa majoritária

Mato Grosso do Sul
Descontentes com a presidente Dilma, os irmãos Nelson e Fábio Tradd buscam aliança com o PSB

Piauí
Por intermédio do governador Wilson Martins (PSB), os peemedebistas do estado têm se aproximado dos socialistas

Ceará
A aproximação entre o PT e o PROS pode “jogar” o PMDB nos braços dos socialistas

Rio Grande do Sul
O PMDB já tinha o senador Pedro Simon entre os entusiastas da campanha socialista, agora novos nomes começam a manifestar interesse (Diário de Pernambuco)

Share Button

“2014 SERÁ O ANO DE RECONHECER DILMA”, DIZ LULA AO EL PAÍS

#Solenidade comemorativa dos dez anos do Programa Bolsa Família, em Brasília

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assina um perfil sobre a presidente Dilma Rousseff, também do PT, num artigo publicado pelo jornal espanhol El País. A publicação elegeu a petista como uma das principais lideraças ibero-americanas de 2013. Apesar das baixas expectativas do mercado, como a recente pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) que prevê um crescimento de 2,1% da economia brasileira para o próximo ano, Lula, ao fazer um balanço da gestão da aliada, diz que 2014 “será um grande ano para o Brasil”.

“O país colherá os frutos que a presidente Dilma semeou: a exploração do petróleo na camada do pré-sal; as concessões dos aeroportos, da rede ferroviária e dos portos; os grandes investimentos em educação, saúde e saneamento. Será o ano do reconhecimento da seriedade e da competência desta mulher brasileira de tanta coragem”, afirma, sem destacar algumas críticas, principalmente da oposição, em atrasos de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). O petista foca seu discurso nos avanços sociais da gestão, como os 36 milhões de brasileiros que teriam sido resgatados da miséria absoluta, na coragem da presidente em enfrentar os protestos de junho e nos investimentos em educação.

Abaixo o texto traduzido na íntegra:

Dilma Rousseff, o poder da coragem

Lutou desde muito jovem para transformar o Brasil. Na presidência, enfrentou, neste ano, com êxito, os protestos de junho e a espionagem dos Estados Unidos, que ela mesmo sofreu.

Luiz Inácio Lula da Silva

Se tivesse que escolher uma palavra que definisse o caráter da presidente Dilma Rousseff, essa seria coragem. Esta companheira lutou desde muito jovem para transformar o Brasil, para melhorar as condições de vida das pessoas mais humildes. Foi perseguida, presa e torturada durante a ditadura, mas nunca abandonou seus ideais. Em uma sociedade acostumada a ver sempre os homens em postos dirigentes, ela foi a primeira mulher secretária de Finanças do seu Estado, a primeira ministra de Minas e Energia do Brasil, a primeira chefe da Casa Civil, a primeira presidente.

Durante o meu governo, ela reorganizou o setor de energia levando a eletricidade a três milhões de casas nas zonas rurais. Dirigiu o maior programa de infraestrutura de nosso período que garantiu o crescimento econômico com uma grande inclusão social.

Em seu governo, o país alcançou a cifra de 36 milhões de pessoas resgatadas da miséria absoluta. Em meio a uma crise mundial, o Brasil da presidente Dilma é o país mais empenhado na luta contra o desemprego, que caiu para 5,2%.

2014 será um grande ano para o Brasil, e não só por causa da organização da Copa do Mundo de futebol. O país colherá os frutos que a presidente Dilma semeou: a exploração do petróleo na camada do pré-sal; as concessões dos aeroportos, da rede ferroviária e dos portos; os grandes investimentos em educação, saúde e saneamento. Será o ano do reconhecimento da seriedade e da competência desta mulher brasileira de tanta coragem.

 

Share Button

CORRUPÇÃO NA FOLHA DE PAGAMENTO

Contratação de servidores irregulares em prefeituras e câmaras de vereadores do interior do estado

ponto

É ilegal e os prejuízos podem ser milionários. A acumulação irregular de cargos em instituições públicas tem sido uma das irregularidades verificadas com maior frequência quando analisadas as folhas de pagamento dos poderes executivos e legislativos pernambucanos. Entre outubro de 2012 e outubro de 2013, foram identificados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE) 3.643 casos de pessoas com mais de dois vínculos incompatíveis, seja por carga horária, função ou distância entre as instituições empregadoras.

A legislação que rege o serviço público permite acúmulo de até dois cargos somente para funcionários da saúde e professores. Nos levantamentos do TCE, porém, houve caso de, para um mesmo CPF, constar mais de dez salários. Um dos resultados disso é que, na prática, acaba por ser fácil encontrar funcionários públicos do interior do estado ganhando mais do que um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), ou seja, mais do que o teto constitucional, hoje de  R$ 28 mil, sobrepondo-se mais uma ilegalidade à questão.

Até o momento, o pente-fino do TCE fez com que 773 vínculos irregulares fossem desfeitos, gerando uma economia estimada para este ano de R$ 17.285.164,00 aos cofres públicos. A prefeitura que mais afastou servidores por acúmulo indevido de função foi Agrestina, a 154 quilômetros do Recife. “Lá foram desfeitos oito vínculos e afastados sete servidores. Não é pouco se considerarmos que essas pessoas também estavam empregadas em outras três prefeituras ou câmaras”, comentou coordenador de Controle Externo do TCE, Rômulo Lins. Na sequência, estão João Alfredo, Agreste, e Nazaré da Mata, na Mata Norte.

O caso das cidades citadas, no entanto, não foi a regra. Dos 200 ofícios remetidos pelo TCE às administrações solicitando esclarecimentos, apenas 131 tiveram resposta. “As mais comuns foram confirmando que a pessoa realmente tinha outro vínculo, mas já tinha pedido para sair ou que está sendo instaurado processo administrativo para apurar responsabilidades. Mas, geralmente, o servidor não deixa chegar ao processo, porque corre o risco de ser demitido e impedido de ocupar cargos”, acrescentou Lins.
O coordenador do TCE admite que o acúmulo de funções, em alguns casos, decorre da ausência de mecanismos para as prefeituras checarem dados dos contratados. “A prefeitura não tem como verificar vínculo desses servidores em outros locais, mediante um cadastro nacional ou estadual. Agora, tem o seguinte, se você é contratado para fazer 40 horas e tem outro emprego que também é de 40 horas, alguém não está fiscalizando”, disse. Ele ressalta a falta de um controle de ponto eletrônico, por exemplo. Os velhos cadernos de ponto, com anotações manuais, ainda persistem em imperar.

Méritos à tecnologia

Dos benefícios trazidos pela tecnologia, a capacidade de cruzar dados é um dos mais interessantes, especialmente para quem trabalha com fiscalização. É com isso que atua o Robô Auditor, o “queridinho” da vez no TCE-PE. Esse programa, que tem status de funcionário padrão na Casa, foi o responsável por executar uma vistoria no cadastro de mais de 280 servidores ativos identificando os acúmulos ilegais de cargos. “Todo mês, ele aperta um botão, dá uma planilha de resultados e gera os ofícios para as prefeituras, que já saem assinados e são enviados eletronicamente”, relatou Rômulo Lins, brincando que só faltava colocar ao programa, envelopar os ofícios.

Todos os tipos de irregularidades

Rômulo Lins atribui problemas nas folhas de pagamento à falta de controle interno dos órgãos

Rômulo Lins atribui problemas nas folhas de pagamento à falta de controle interno dos órgãos

Quando o assunto é a folha de pagamento de prefeituras e câmaras municipais, sobram casos no mínimo estranhos de irregularidades. Auditores do Tribunal de Contas de Pernambuco decidiram fazer uma “reunião” de situações ilegais ou incomuns verificadas em prestação de contas dos anos de 2009 e 2010 e foram encontrados desde servidores com CPFs zerados ou pagamento a pessoas falecidas até contratações de médicos sem registro profissional e vereadores que também recebiam como funcionários do Executivo.

A presença de servidores com endereço fixo em outros estados também foi frenquente. Chama o fato de, na maioria das vezes, eles sequer fazerem fronteira com Pernambuco, a exemplo de uma prefeitura do Sertão onde foram registradas 83 ocorrências do tipo. Outro Executivo, este do Agreste, possuía 14 funcionários com residência em São Paulo. Ainda nessa mesma cidade, um médico, que seria morador de Alagoas, chegou a receber R$ 127 mil em um ano. Outros estados a abrigar funcionários públicos de Pernambuco são Tocantins, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Entre os cargos ocupados estavam, ainda, os de professor, gari, pedreiro, motorista e vigilante.

Contratações de menores de 18 anos também estiveram presentes nessa coletânea do TCE. Ao mesmo tempo, foi comum servidores com mais de 70 anos ainda ativos, mesmo a legislação do funcionalismo público determinando aposentadoria compulsória com essa idade. Somente uma cidade apresentou 26 pessoas em tal situação, entre os quais, professores, auxiliares de serviços gerais e até vigilantes. Outra, que tinha um servidor ativo com 80 anos, respondeu ao TCE que o funcionário estava em “plenas condições para o exercício da função”. Uma terceira, cujo contratado tinha mais de 90 anos, não respondeu às indagações do tribunal.
Em cada uma dessas cidades, foram abertas auditorias especiais que se transformaram em mais de 300 processos. Dos 89 julgados, conforme relatório inicial resultaram 47 contas consideradas irregulares. Nos demais casos, houve aplicação de multas e recomendações. A reportagem optou por omitir o nome das prefeituras, dada a impossibilidade de checar a situação atual, visto que em muitas delas houve mudança de gestão. (Diário de Pernambuco/ Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press)

 

Share Button

EDUARDO CAMPOS CRITICA CAPACIDADE DE PREVENÇÃO DA GESTÃO DO GOVERNO FEDERAL

dudu

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), virtual candidato à Presidência da República, criticou a capacidade de “prevenção” da gestão da presidente Dilma Rousseff (PT) em seu perfil no Facebook na manhã deste domingo (29). O socialista se referiu às enchentes do Espírito Santo, na região Sudeste, que desalojou mais de 60 mil moradores, além de ter destruído diversas estradas que cortam o estado. “Eu sempre digo que não adianta colocar uma tranca na porta da sala depois que o ladrão já assaltou a casa”, declarou.

Na postagem, Eduardo Campos lembrou uma proposta do ex-ministro da Integração Nacional Fernando Bezerra Coelho, também do PSB e cotado como possível candidato ao governo de Pernambuco nas eleições de 2014. A Medida Provisória (MP) foi entregue por Bezerra à ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman, que facilitaria o acesso dos recursos às regiões atingidas pelas chuvas no país. O fato aconteceu em março de 2012.

“Foi preciso que uma tragédia se abatesse sobre o Espírito Santo para que finalmente o processo avançasse. Ou seja, o governo não encontrou uma solução rapidamente; a solução estava na mesa, esperando para ser lida há dois anos. Este é o tipo de ineficiência administrativa que o brasileiro se cansou de ver, e que mostra que Brasília continua morando num Brasil bem diferente daquele que viu o povo ir às ruas no meio do ano”, disse o governador.

No final desta semana, a presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou um “auxílio ilimitado” para os estados devastados com as chuvas. Além do Espírito Santo, o estado de Minas Gerais também sofre com as enchentes. Só na última semana, 23 pessoas morreram no Espírito Santo e 20 em Minas por conta das cheias. A poucos dias de acabar o ano, o programa Gestão de Riscos e Respostas a Desastres, que tinha R$ 5,3 bilhões para serem aplicados em 2013, investiu 3,2 bilhões — o equivalente a 62% do total, já contando recursos pendentes de anos anteriores que só foram pagos no exercício atual.

“Olha, eu sempre digo que não adianta colocar uma tranca na porta da sala depois que o ladrão já assaltou a casa. E este é um dos maiores problemas da velha política do Brasil: os problemas só existem quando ocorrem. Não é segredo para ninguém que as mudanças climáticas que o mundo vem passando têm causando cada vez mais tragédias. Infelizmente, em Brasília ainda é regra esperar o pior acontecer para tomar alguma medida”, completou Campos.

Confira o texto na íntegra

Olha, eu sempre digo que não adianta colocar uma tranca na porta da sala depois que o ladrão já assaltou a casa. E este é um dos maiores problemas da velha política do Brasil: os problemas só existem quando ocorrem. Não há a menor estratégia para tentar evitá-los ou reduzir seu impacto antes que eles aconteçam.

Não é segredo para ninguém que as mudanças climáticas que o mundo vem passando têm causando cada vez mais tragédias. Em Pernambuco, tomamos diversas ações para minimizar os danos causados pela chuva. Uma delas consiste na construção de cinco barragens em quatro anos, duas delas já estão em construção e não apenas irão resguardar a população local como transformar a realidade da região, atraindo empresas.

Infelizmente, em Brasília ainda é regra esperar o pior acontecer para tomar alguma medida. Tempos atrás, o ex-Ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, do PSB, entregou à Ministra-Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman, uma MP facilitando o acesso dos recursos às regiões atingidas pela chuva.

Isto aconteceu em março de 2012.

A MP foi publicada somente agora, depois de passar quase dois anos parada em Brasília.

Foi preciso que uma tragédia se abatesse sobre o Espírito Santo para que finalmente o processo avançasse. Ou seja, o governo não encontrou uma solução rapidamente; a solução estava na mesa, esperando para ser lida há dois anos. Este é o tipo de ineficiência administrativa que o brasileiro se cansou de ver, e que mostra que Brasília continua morando num Brasil bem diferente daquele que viu o povo ir às ruas no meio do ano. (Diário de Pernambuco)

 

Share Button

OPERADO COM SUCESSO, ANDERSON DEVE FICAR AFASTADO ATÉ SEIS MESES, INFORMA UFC

anderson

Neste domingo, a Zuffa, empresa proprietária do UFC, divulgou uma nota oficial sobre a grave lesão de Anderson Silva, sofrida na revanche contra Chris Weidman, em Las Vegas. No comunicado, a organização informa que a cirurgia na tíbia da perna esquerda do ex-campeão foi realizada com sucesso. O cirurgião do Ultimate, Steve Sanders, descartou necessidade de operação na fíbula do lutador, que também foi fraturada. ‘Spider’ deverá ficar afastado do octógono de três a seis meses e terá alta hospitalar nos próximos dias.

“Depois da luta principal do UFC 168, o ex-campeão Anderson Silva foi levado a um hospital de Las Vegas, onde passou por cirurgia para reparar a perna esquerda que estava quebrada. A cirurgia foi um sucesso e foi realizada pelo Dr. Steve Sanders, cirurgião ortopédico do UFC, que inseriu uma haste intramedular na tíbia esquerda. A fíbula quebrada foi estabilizada e não vai precisar de uma cirurgia à parte. Anderson vai continuar no hospital por um período curto, mas não passará por nova cirurgia. O tempo de recuperação para esse tipo de lesão pode variar de três a seis meses”, informou.

anderson1

Segundo o comunicado oficial da Zuffa, Anderson Silva está muito emocionado pelas manifestações de carinho dos fãs. ‘Spider’ ainda não quer falar sobre aposentadoria e só pensa em retornar logo ao Brasil.

“Anderson está profundamente tocado pelas manifestações de apoio de seus fãs e de toda a comunidade do MMA. Não houve decisão imediata sobre o seu futuro e ele gentilmente pede privacidade neste momento, enquanto lida com a sua lesão e se prepara para voltar para casa para se recuperar”. (Super Esportes)

Share Button

‘VISITA ÍNTIMA’ OCORRE DIANTE DE TODOS EM PRESÍDIO DO MA, DIZ CNJ

Homem com a perna dissecada torturado até a morte, relações sexuais em ambiente coletivo e presos com doenças mentais misturados aos demais detentos. E a conclusão: o governo do Maranhão tem sido “incapaz” de coibir a violência.

O cenário de terra sem lei no complexo prisional de Pedrinhas, na capital, São Luís, foi descrito em um relatório do juiz Douglas Martins, do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), após visita ao local no dia 20.

O governo maranhense confirmou 59 mortes neste ano em Pedrinhas –já o CNJ aponta 60. Na última rebelião, em 17 de dezembro, três detentos foram decapitados.

O complexo, projetado para 1.700 homens, abriga 2.500, segundo o CNJ.

O documento foi entregue na sexta (27) ao ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa, que preside o conselho. O relatório reproduz o apelo feito ao ministro pela OEA (Organização dos Estados Americanos) de que o governo brasileiro precisa agir para garantir a integridade dos presos no Maranhão.

Uma cena chocante é citada no documento: um vídeo, que, segundo Martins, foi enviado pela direção do sindicato dos agentes penitenciários, com o registro da morte lenta de um detento em Pedrinhas.

O vídeo é “a cena mais bárbara que já vi”, nas palavras ditas à Folha por Martins, juiz experiente em visitas a presídios pelo país.

A imagem mostra um preso ainda vivo tendo a pele da perna dissecada. A tortura expõe músculo, tendões e ossos.

A primeira explicação no relatório para o caos encontrado é o excesso de presos. “As unidades estão superlotadas e já não há mais condições para manter a integridade física dos presos”, além dos familiares e dos que atuam em Pedrinhas.

Soma-se à superlotação o método do governo maranhense de misturar no mesmo espaço presos do interior e da capital. A reunião motiva a guerra entre facções: o Bonde dos 40, de criminosos da capital, e do Primeiro Comando do Maranhão, do interior.

Quem chega a Pedrinhas precisa aderir ao sistema, diz o relatório. “Presos novos são obrigados a escolher uma facção quando ingressam nas unidades.”

Share Button

FILHOS DE AGRICULTORES ARARIPINENSES ESTÃO ISENTOS DA TAXA DE VESTIBULAR DE AGRONOMIA E GESTÃO AMBIENTAL

O prefeito Alexandre Arraes anunciou na manhã desta sexta-feira (27) através das emissoras de rádios da cidade mais uma importante ação da Prefeitura de Araripina para os filhos e filhas de agricultores da cidade.

A agricultura no país se fortalece com a inclusão de mão de obra capacitada e mais acessos à tecnologia.  Em Araripina no apagar das luzes deste ano, a gestão municipal promoveu uma maneira de estimular este importante e sofrido segmento produtivo com o anúncio da isenção total da taxa de inscrição do vestibular para os cursos de Ciências Agronômicas e Gestão Ambiental da Autarquia Educacional do Araripe – AEDA para todos os filhos e filhas de agricultores sindicalizados.

Deste jeito, um olhar é lançado sobre várias direções: o incentivo para o estudo de nível superior, para o associativismo e principalmente para levar mão de obra qualificada para o campo, com efeito, promovendo melhores condições para a produção e de uma vez fazendo o ensino superior chegar mais fácil e mais rápido para quem trabalha e produz, possibilitando às novas gerações de agricultores a inserção neste significativo universo da educação superior.

As inscrições do vestibular da AEDA vão até o dia 20 de janeiro de 2014 e as provas serão realizadas no dia 26 de janeiro. Para maiores informações entre em contato com o Disque Vestibular AEDA (87)38731001.

ASCOM-PMA

Share Button

OBRAS DE CONSTRUÇÃO DE NOVO PÁTIO DE EVENTOS ESTÃO A TODO VAPOR EM OURICURI

Pátio-de-Eventos-Ouricuri

As obras de construção do novo pátio de eventos do município de Ouricuri estão a todo vapor. A Prefeitura Municipal, visando uma estrutura mais adequada para grandes eventos, iniciou as obras a cerca de uma semana, e o objetivo é dar uma estrutura a altura da cidade.

O espaço, que servirá de palco para uma das maiores festas do nordeste, a Festa de Janeiro, vai dispor de acessibilidade com entrada e saída de fácil acesso, além de recobrimento asfáltico e ampla área de estacionamento.

Pátio-de-Eventos-Ouricuri-02

 “A nossa intenção é dispor de um grande espaço que ofereça toda estrutura necessária para realização do maior evento que o município já presenciou. Por isso, todos os dias o local terá equipes trabalhando para a elaboração da estrutura necessária e após esse período, haverá as etapas de iluminação e a montagem de toda a estrutura de palco”, explicou o Prefeito Cézar de Preto.

Da Assessoria de Comunicação  Prefeitura de Ouricuri

Share Button

O CRIME NÃO PODE VENCER O CIDADÃO

Por Machado Freire

Pelo que estamos assistindo,  vivemos uma situação muito crítica. Menores invadindo estabelecimentos, roubando/assaltando e atentando conta a vida de pessoas que talvez eles nunca viram!

Isso é inadmissível!

É preciso que todos os pais -inclusive de bandidos mirins – acertem o passo, tomem iniciativas, cuidem dos seus filhos para que sejam cidadãos.

Ninguém nasceu bandido.

No caso de jovens / crianças/adolescentes, eles estão praticando ilícitos  quando ainda estão sob os cuidados dos seus pais.

Os pais, neste caso, precisam ter responsabilidade e  melhor educar os seus filhos.

Prepará-los para um futuro melhor!

Se não fizerem, estarão dizendo sim à essa desgraça( o crime) e deverão responder na forma da lei.

Quem ama, cuida; educa e encaminha para um lugar que não seja a cadeia ou para uma cova rasa,para onde  vãos os bandidos da vida.

A maioria sem ter vivido uma infância e uma juventude feliz.

Vamos levar este caso para as escolas, as igrejas, emissoras de rádio e os quatro cantos da cidade. Vamos disseminar a ordem, a educação e uma boa formação moral  para todos .

O crime não pode vencer o cidadão.

E ninguém deve calar para beneficiar o crime!

A omissão é crime!

Que todos se cuidem  e ajudem os jovens a ter uma vida digna.   (antes que seja tarde)!

Share Button