CARTAZ COM ERRO GROSSEIRO MOSTRA QUE NO DEBATE SOBRE EDUCAÇÃO OS DOIS LADOS TÊM RAZÃO

O cartaz à esquerda, com erro grosseiro de português, dá razão aos dois lados da polêmica. (Foto extraída do Instagram do deputado Tulio Gadelha.) 

Diário do Poder

Em diversas cidades brasileiras, milhares de pessoas saíram às ruas para protestar contra o bloqueio de verbas das universidades públicas e de institutos federais. Em Brasília, os manifestantes se concentraram em frente ao Museu da República, na Esplanada dos Ministérios. Dali, seguiram em direção ao Congresso Nacional, portando faixas e cartazes contra o governo.

Um dos cartazes parecia simbolizar os eventos desta quarta-feira (15), dando razão tanto aos que pedem mais investimentos com a educação quanto aos que, no atual governo, criticam a precarização da educação no País. Nele, uma mulher, não se sabe se estudante ou professora, exibiu o cartaz “O governo não quer  educação porque educação derruba o governo”. Em vez de escrever corretamente “dar”, forma do verbo no infinitivo, a manifestante usou “dá”, forma conjugada do verbo dar na terceira pessoa do singular do presente do indicativo.

5,2 MILHÕES DE DESEMPREGADOS PROCURAM TRABALHO HÁ MAIS DE 1 ANO, APONTA IBGE

Por Darlan Alvarenga, G1

Dados divulgados nesta quinta-feira (16) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que 5,2 milhões de desempregados procuram emprego há mais de 1 ano. Esse universo representa 38,9% do total de desempregados no país.

Desse total de pessoas na fila do desemprego, 3,3 milhões (24,8%) estão desocupados há dois anos ou mais, uma alta de 9,8% na comparação com o 1º trimestre de 2018.

Ainda segundo o IBGE, 6 milhões de pessoas (45,4% do total) estão procurando emprego há mais de 1 mês e a menos de 1 anos, e 2,1 milhões estão na fila do desemprego há menos de 1 mês.

A taxa de desemprego média no país no 1º trimestre subiu para 12,7%, conforme já divulgado anteriormente pelo órgão, atingindo 13,4 milhões de brasileiros. Trata-se do maior índice de desocupação desde o trimestre terminado em maio de 2018.

 

MP DO RIO DE JANEIRO MIRA CHEQUES DE QUEIROZ PARA MICHELLE BOLSONARO

Por Guilherme Amado

Os dez cheques que Fabrício Queiroz afirmou ter pagado à primeira-dama Michelle Bolsonaro, na devolução de um suposto empréstimo de R$ 40 mil que o presidente Jair Bolsonaro teria feito ao assessor do filho, estão no radar nos promotores do Ministério Público do Rio de Janeiro encarregados da investigação sobre a suspeita de que Flávio Bolsonaro ficava com parte do salário dos funcionários.

Segundo um investigador do caso, a quebra de sigilo bancário de Michelle não foi pedida pelo MP porque ampliaria demasiadamente o escopo dos alvos, composto de 95 pessoas e empresas.

“O foco neste momento é em três núcleos: o da loja de Flávio, o do gabinete e o familiar. Em um eventual desdobramento, a primeira-dama pode se tornar alvo”, explicou um investigador do caso.

Existe a suspeita de que seja falsa versão apresentada por Bolsonaro, de que os cheques seriam o pagamento de um empréstimo. Na avaliação dos investigadores, a quebra do sigilo de Flávio, de Queiroz e dos demais assessores e familiares mostrará se a suspeita é verdadeira.

A Constituição não impede que Michelle Bolsonaro seja investigada. A restrição imposta pela Constituição é sobre processar o presidente por fatos não relacionados com o mandato em vigência. Mesmo uma eventual investigação para detectar se Bolsonaro teve envolvimento com o suposto esquema poderia ocorrer. Foi dessa maneira, por exemplo, que Michel Temer foi investigado mesmo enquanto presidente.

COM 19 IMÓVEIS, MP VÊ EM FLÁVIO BOLSONARO INDÍCIOS DE LAVAGEM DE DINHEIRO

Por: Folhapress

O Ministério Público do Rio de Janeiro citou indícios de lavagem de dinheiro em transações imobiliárias de Flávio Bolsonaro(PSL-RJ) entre 2010 e 2017 ao pedir a quebra dos sigilos bancário e fiscal do senador.

As suspeitas citadas pelo órgão envolvendo compra e venda feitas pelo filho do presidente da República foram reveladas pela Folha de S.Paulo. Em janeiro de 2018, reportagem do jornal revelou que Flávio realizou operações envolvendo 19 imóveis na zona sul do Rio e na Barra lucrando com transações relâmpago.

Os promotores apontam suspeitas nas transações com a MCA Participações, empresa que tem entre os sócios uma firma do Panamá.
Ela adquiriu 12 salas comerciais no edifício Barra Prime em novembro de 2010, 45 dias depois de o senador ter comprado 7 das 12 salas. Segundo os registros, o político lucrou com a operação pelo menos R$ 300 mil no curto período.

O Ministério Público também aponta possíveis irregularidades na compra de duas quitinetes em Copacabana em 2012, no qual ele lucrou R$ 813 mil num intervalo de menos de um ano e meio. O caso foi revelado pela Folha de S.Paulo em janeiro deste ano. As transações tinham característica de lavagem de dinheiro, segundo os critérios do Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

Em novembro de 2012, Flávio adquiriu dois imóveis em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. Localizados em ruas pouco valorizadas do bairro, pagou um total de R$ 310 mil pelas duas unidades e as revendeu, um ano e três meses depois, por mais que o triplo do preço.

Os dois imóveis haviam sido adquiridos em 2011 pelos proprietários anteriores por um total de R$ 440 mil. Em pleno boom imobiliário na cidade, eles tiveram um prejuízo de 30% ao revendê-los ao senador eleito, segundo dados do 5º RGI (Registro Geral de Imóveis) da capital do estado.

O então deputado revendeu um imóvel em novembro de 2013 (por R$ 573 mil) e outro em fevereiro de 2014 (por R$ 550 mil). Somadas, as transações lhe renderam um lucro de R$ 813 mil -diferença entre os R$ 310 mil investidos nas compras e o R$ 1,12 milhão que recebeu com as vendas.

A quebra dos sigilos, que atinge um total de 86 pessoas e nove empresas, é o primeiro passo judicial de investigação após um relatório do governo federal, há mais de 500 dias, ter apontado movimentação atípica de R$ 1,2 milhão na conta bancária de Queiroz.
Além do volume movimentado na conta de quem era apresentado como motorista de Flávio, chamou a atenção a forma com que as operações se davam: depósitos e saques em dinheiro vivo, em data próxima do pagamento de servidores da Assembleia, onde Flávio foi deputado durante 16 anos (2007-2018).

Conforme publicou a Folha de S.Paulo, integrantes de órgãos de controle chamaram de “avassaladora” a devassa de mais de dez anos nas contas do filho do presidente e de pessoas ligadas a ele – cenário agravado com o ingrediente de assessores que atuaram para o presidente Jair Bolsonaro.

O senador Flávio Bolsonaro afirma que teve o sigilo bancário quebrado de forma irregular e que nada fez de errado. Em relação às transações imobiliárias, o senador disse, em oportunidades anteriores, que o negócio foi fechado “de forma legal entre as partes, numa negociação normal, como qualquer outra compra e venda de imóvel”.

“Todos sabem do boom imobiliário pelo qual passou o Rio de Janeiro à época, razão pela qual as quitinetes foram vendidas por valores superiores”, afirmou sobre os imóveis de Copacabana.

 

PAULO CÂMARA: “VIOLÊNCIA NÃO SE COMBATE COM ARMAS, MAS COM PREVENÇÃO E OPORTUNIDADES. ESSA É A NOSSA AGENDA”

Governador sancionou, nesta quarta-feira, a Lei de Prevenção Social ao Crime e à Violência. A iniciativa prevê, entre ouras ações, a oferta de 30 mil vagas em cursos profissionalizantes para jovens em situação de vulnerabilidade 

Pioneiro no Brasil, Pernambuco deu mais um passo importante para o fortalecimento e humanização das políticas de combate e prevenção à violência. Nesta quarta-feira (15.05), o governador Paulo Câmara sancionou a Lei Ordinária nº 130/2019, de Prevenção Social ao Crime e à Violência, a primeira política pública do Brasil em nível estadual nessa vertente, que visa propor e articular novos programas e estratégias para esse importante setor da sociedade. Entre as ações da nova legislação está a oferta de 30 mil vagas para cursos profissionalizantes e preparatórios, através do Programa Juventude Presente, e a instituição do Observatório de Prevenção à Violência. O Programa Pernambuco pela Prevenção – criado a partir dessa lei – é resultado desse novo olhar que o governador procurou fortalecer no Estado quando criou uma secretaria para cuidar especificamente das pessoas em situação de vulnerabilidade social.

 “O Brasil está passando por uma agenda que não concordamos, e eu preciso reafirmar isso: eu sou contra o aumento de circulação de armas, isso só vai aumentar a violência. E violência não se combate com mais armas. Violência se combate com prevenção e oportunidades. Essa é a agenda de Pernambuco”, defendeu Paulo Câmara, destacando o compromisso do Estado em ofertar novos caminhos de desenvolvimento para as futuras gerações. “Olhar a prevenção dessa forma é garantir a presença do Estado nessas áreas vulneráveis. É mostrar para essas pessoas, principalmente para a juventude, que há caminhos e saídas. E essa lei sistematiza isso”, frisou.

O chefe do Executivo reforçou ainda a importância da integração entre instituições dos poderes público e privado na disseminação dessas práticas. “Vamos ocupar cada vez mais Pernambuco. Em todas as áreas vulneráveis vamos ter gente buscando dar condições, buscando mostrar o caminho da educação e da qualificação. Essas 30 mil vagas vão ajudar muita gente a ter um horizonte. Esse é o nosso objetivo quando instituímos uma lei como essa, que é pioneira”, cravou.

O Observatório de Prevenção à Violência será composto por pesquisadores, representantes da universidade e outros estudiosos, visando a enriquecer o debate e aprimorar a prevenção social ao crime. Os territórios prioritários de atuação receberão 60 ações de acesso à cidadania e direitos, em modelo de mutirão, incluindo ações de emissão de documentos, atendimento em saúde, informações sobre cursos de qualificação, direitos do consumidor, apresentações culturais, entre outros. As ações terão atuação em 54 territórios prioritários, localizados em 13 municípios da Região Metropolitana e Interior do Estado, com a implantação de 12 Núcleos de Prevenção Social base territorial, oferecendo um leque de opções de cultura, lazer e esportes, incentivando a cultura de paz entre os jovens.

O secretário estadual de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas, Cloves Benevides, explicou que a partir de hoje as oito estações do Governo Presente no Estado já começam a realizar as inscrições para os cursos de profissionalização viabilizados pela nova lei. “A gente está procurando estabelecer processos formativos que possam melhorar a inserção no mercado de trabalho e melhorar a capacidade econômica das pessoas. Temos um conjunto de parceiros no ramo da hotelaria, na organização de processos administrativos e em várias outras áreas. Nossa faixa etária prioritária é de 15 a 29 anos. São cursos de baixíssima exigência, então não tem necessidade de uma escolaridade muito elevada para ter acesso”, afirmou, reiterando que, na próxima semana, a secretaria irá disponibilizar um link para inscrições online, no site da pasta.

A nova lei também fortalece outras políticas que já aproximam a gestão da população, como a ampliação da agenda do Governo Presente, um modelo que desde 2007 estabeleceu um histórico de conquistas. A partir de agora, o Estado terá novas estações, um calendário com 60 ações de cidadania e o fortalecimento da mediação de conflitos. Além disso, será promovida a ampliação do acompanhamento do público “Universo Prioritário”, termo que faz referência a um perfil composto por egressos do sistema prisional, do sistema socioeducativo, usuários do Programa Atitude, seus familiares e outras pessoas que se encontram em situação de ameaça.

INTEGRAÇÃO – A Câmara de Prevenção Social foi reorganizada e ampliada, com a participação da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e da Assembleia Legislativa, além das secretarias estaduais. A iniciativa institui ainda o Comitê Intergovernamental por Área Integrada de Segurança (AIS), com o objetivo de integrar os municípios e realizar o acompanhamento dos Planos Regionais. Serão instalados os Comitês Comunitários Territoriais, compostos por representantes das comunidades, organismos do poder público local e da coletividade. Essas três instâncias têm como produto os planos estadual, regional e territorial, respectivamente, que integram a Política de Prevenção Social ao Crime e à Violência com ações efetivas e eficazes, estabelecendo bases que possibilitam a chegada das políticas à comunidade.

A nova legislação assegura ao Estado um compromisso com a segurança pública, fortalece o Programa Pacto pela Vida, amplia as ações de atendimento. Modelo que já vem transformando vidas, como a de Epaminondas Lopes, de 32 anos, egresso do sistema socioeducativo. “Esse programa está sendo bom porque me deu uma nova oportunidade de seguir a vida com honestidade. Eu consegui o emprego na área de serviços gerais através do programa. Antes era complicado conseguir algo, já que a gente é ex-detento. Existe o preconceito, porque consta na nossa ficha, então é realmente difícil. Mas como existe o Governo Presente, as portas se abriram. Hoje consigo ser visto pela sociedade como um cidadão”, afirmou Epaminondas, que é casado e tem uma filha de quatro anos.

Presente à solenidade, o diretor regional para América Latina e Caribe do ONU-Habitat, Elkin Velásquez, parabenizou o pioneirismo de Pernambuco e a coragem de investir em uma área tão necessária, mas negligenciada por muitos outros. “Tenho que parabenizar Pernambuco por essa persistência de avançar nessa agenda de prevenção que a gente pensava que estava fatigando. Na América Latina, a gente trabalha há 20 anos em questões de prevenção. Estamos em um momento em que falar de prevenção é ir um pouco na contramão. A dinâmica latino americana é complexa hoje.  Então, temos que felicitar essas novas lideranças que estão colocando na mesa as agendas que se aproximam das comunidades, da vida dos cidadãos. Essa é a agenda da prevenção”, salientou.

COOPERAÇÃO – Na solenidade, foi assinado um memorando de entendimento entre o Governo de Pernambuco e o programa das Nações Unidas para os assentamentos humanos. O objetivo é proporcionar um marco de cooperação em que o ONU-Habitat e o Estado trabalharão conjuntamente em projetos e ações relacionadas ao desenvolvimento urbano sustentável na República Federativa do Brasil.

Foto: Heudes Regis/SEI

CÂMARA DOS DEPUTADOS REALIZA SESSÃO SOLENE EM HOMENAGEM AO CENTENÁRIO DO JORNAL DO COMMERCIO

O centenário de um dos jornais impressos mais tradicionais do País foi celebrado, nesta quarta-feira (15), no Plenário da Câmara, durante Sessão Solene realizada a pedido do líder do PSB na Casa, deputado Tadeu Alencar (PE). Ao longo da sua trajetória, o Jornal do Commercio se consolidou como líder de circulação e de assinantes na região Nordeste. Para Tadeu, os 100 anos do periódico representam também uma celebração em defesa da democracia e da liberdade de expressão.

Os principais acontecimentos da história do Brasil e do mundo sempre foram destaques nas suas edições. Suas páginas abrigaram matérias dos mais variados temas, passando por importantes questões políticas, sociais e econômicas. Fundado em 3 de abril de 1919 por F. Pessoa de Queiroz, o jornal figura entre os de maior credibilidade do País e já conquistou muitos prêmios nacionais destinados ao setor de comunicação.

Em Pernambuco, como lembrou Tadeu Alencar, o jornal acompanhou todo o período marcado pela ascensão de Eduardo Campos ao governo do Estado (2007-2014) até a sua trágica morte, no dia 13 de agosto de 2014. “O JC, como ficou carinhosamente conhecido, esteve lá, atento ao período de florescimento econômico de Pernambuco e de fortalecimento dos serviços públicos no Estado”, destacou. O socialista ressaltou ainda o caminho secular trilhado pelo JC. “Seguiu seu percurso baseado nos valores da alma pernambucana. Que o jornal tenha vida longa, independente e plural.”

A sessão contou com as presenças do presidente do Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, João Carlos Paes Mendonça, do senador Humberto Costa (requerente da sessão pelo Senado), senador Jarbas Vasconcelos, do presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV, Paulo Tonet, do Diretor Executivo da Associação Nacional de Jornais, Ricardo Pedreira, do ministro e presidente do Tribunal de Contas da União, José Múcio Monteiro Filho, dos alunos da Escola Centro de Ensino Médio 1 do Gama, de Paulo Bonfim, representante do Governo de Pernambuco. Também estiveram presentes na solenidade os deputados pernambucanos Raul Henry (MDB-PE), Gonzaga Patriota (PSB-PE), Ossessio Silva (PRB-PE), Renildo Calheiros (PCdoB-PE), Augusto Coutinho (Solidariedade-PE), Felipe Carreras (PSB-PE), Danilo Cabral (PSB-PE), João Campos (PSB-PE) e cerca de 50 parlamentares.

Publicação – O Jornal do Commercio pertence ao Sistema Jornal do Commercio de Comunicação, braço de mídia do Grupo JCPM, do qual também fazem parte a Rádio Jornal, a TV Jornal, o portal NE10 e vários outros meios de comunicação. É o maior periódico de Pernambuco e também um dos maiores do País. Tem como missão “levar informação e entretenimento ao público pautando-se pela defesa da democracia, da justiça social e da livre iniciativa”. Sua versão digital, o JC Online, surgiu em 2011 e é um dos sites de notícias mais acessados do Nordeste. Na redação do Jornal do Commercio há 82 jornalistas. O sistema como um todo emprega 682 profissionais.

*Com informações de Tatyana Vendramini, do PSB Nacional/ Foto: Sérgio Francês.

EM ARARIPINA, GESTANTES DO DISTRITO DO MORAIS PARTICIPAM DO PROJETO MUNICIPAL ‘BRAÇOS QUE ACOLHEM’

Lançado na semana passada pela Prefeitura de Araripina, o projeto Braços que Acolhem é uma iniciativa inédita das secretarias de Saúde e de Assistência Social que visa melhorar o atendimento e valorizar ainda mais as gestantes do município – principalmente as residentes na zona rural e nos distritos – garantindo uma gestação de qualidade e um bom período posterior ao parto às mulheres, e às crianças o direito a um nascimento e desenvolvimento saudável e harmonioso. A iniciativa busca, também, reduzir a morbimortalidade materna e infantil, assim como estimular o fortalecimento dos vínculos afetivos entre mãe, filho e família.

O projeto passou pelas unidades de saúde dos distritos de Gergelim na última quinta-feira (09) e Morais, nessa terça (14). O próximo distrito a receber os ‘Braços que Acolhem’ é a Vila Serrânia.

Com essa ação, as mulheres farão os exames laboratoriais e ultrassom no posto de saúde do seu distrito, não sendo mais necessário se deslocar até Araripina para realizar estes exames. Fazem parte deste projeto, também, ações de reuniões e palestras durante todo o período do pré-natal – que serão conduzidas pela equipe multidisciplinar da Secretaria de Assistência Social – dando todo o suporte para as mulheres e seus familiares. Ao longo do período de gestação elas irão confeccionar seus enxovais que serão entregues no nascimento da criança.

Para o prefeito Raimundo Pimentel, esse projeto, que faz parte do programa municipal Nossa Saúde Melhor, foi idealizado com o intuito de dar às gestantes araripinenses todo o suporte necessário durante este período tão especial da vida de uma mulher que é a gravidez. “Esse momento em que a mulher se transforma em mãe é de muita importância para ela e todos os familiares, e merece todo o amor e cuidado para que ele seja repleto de zelo e carinho e traga felicidade para toda a família. Os Braços que Acolhem vai mudar muito a vida das futuras mamães”, finalizou.

SEMANA DO MEI MOVIMENTA O SERTÃO DO ARARIPE

Programação conta com palestras, oficinas e consultorias em Araripina, Ouricuri, Bodocó, Santa Cruz, Ipubi e Exu

Já estão abertas as inscrições para a Semana do Microempreendedor Individual (MEI) 2019, que será realizada pela Unidade do Serviço Nacional de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) no Sertão do Araripe, 20 a 24 de maio, em Araripina, Ouricuri, Ipubi, Bodocó, Santa Cruz e Exu. A programação conta com mais de trinta atividades gratuitas, entre palestras, consultorias e oficinas. As inscrições podem ser feitas por meio da loja online do Sebrae (loja.pe.sebrae.com.br), nas Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs) e Salas do Empreendedor parceiras ou nos locais onde ocorrerão as programações.

A Semana do MEI ocorrerá junto a 6ª edição da Semana Nacional de Educação Financeira (ENEF), que é realizada anualmente desde 2014, em diversas cidades brasileiras, com ações educacionais gratuita. O objetivo é disseminar a educação financeira e previdenciária no país, além de contribuir para o fortalecimento da cidadania.

Em Araripina as atividades ocorrerão de 20 a 24 de maio, na sede do Sebrae e na Praça da Igreja, no Centro da cidade. Na Praça serão montados estandes para atender os MEIs interessados em participar de palestras e oficinas que abordarão temas relacionados a vendas, gestão financeira, linhas de crédito e Esocial.

Bodocó terá atividades da Semana do MEI no dias 21/5 e 22/5, na Escola CERU. No primeiro dia ocorrerá a Oficina Vitrinismo Construindo Cenários, das 18h às 22h, e no dia 22/5, das 19h às 21h a Oficina Comércio Eletrônico. Os Microempreendedores Individuais de Ouricuri contarão com o Seminário Educação Financeira Digital, no dia 22/5, das 18h às 22h, no Sindsemp.

Em Exu a programação também será no dia 22/5, na Escola Bárbara de Alencar, com a Oficina Qualidade no Atendimento ao Turista, e a Oficina Comércio Eletrônico. No dia 23/5 os MEIs de Santa Cruz poderão participar na Escola Anselmo Cordeiro Guimarães, das 18 às 22h, da Oficina Como definir preço de venda.

Ipubi contará com uma grande programação durante a Semana do MEI. De 20 a 24, em estandes montados na Praça Nilza Lins, serão oferecidas palestras, oficinas e consultorias gratuitas, abordando temas voltados para o crescimento dos negócios, aumento de vendas, crédito e nova previdência, entre outros.

Para a realização da extensa programação durante a Semana do MEI, o Sebrae conta com o apoio das Prefeituras Municipais de Araripina, Ouricuri, Ipubi e Exu; das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Bodocó e Ouricuri; Sala do Empreendedor de Exu e de Ouricuri; da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Santander;

Semana do MEI – de 20 a 24 de maio, o Sebrae realiza o evento com apoio de parceiros e da rede de atendimento ao empreendedor em todo o estado de Pernambuco. Estão programadas mais de 70 palestras e oficinas gratuitas sobre como se tornar MEI, as obrigações da categoria, planejamento, crescimento empresarial, redes sociais para negócios, atração e conquista de clientes, além de atividades temáticas (para moda, varejo, construção civil, idosos, entre outros). O evento também conta com atendimento individual e consultorias personalizadas.

Programação:

Araripina – 20 a 24 de maio

Local: Praça da Igreja

Horário: 19h às 21h

Dia 20 – Palestra Dê um UP no seu espaço e atraia mais clientes

Dia 21 – Palestra Comércio Eletrônico

Dia 22 – Palestra Marca é tudo! A importância da marca para a empresa

Dia 23 – Palestra Sua Empresa está preparada pra o eSocial?

Dia 24 – Palestra maquina de cartão pra MEi. Como funciona?

Local: Auditório do Sebrae (Rua  Marcos Vieira de Alencar, nº 331)

Dia 21, das 18h às 22h – Seminário Educação Financeira Digital

– Palestra Educação financeira nos pequenos negócios

– Palestra Ferramentas digitais da gestão financeira

– Bate- papo com bancos

Bodocó – Dias 21 e 22 de maio

Local: Escola CERU

Dia 21, 18h às 22h – Oficina de Vitrinismo construindo cenários

Dia 22, 19h às 21h – Oficina Comércio Eletrônico

Santa Cruz – 23 de maio

Local: Escola Anselmo Cordeiro Guimarães

18h às 22h – Oficina Como definir preço de venda

Ouricuri – 22 de maio

Local: Sindsemp

18h às 22h – Seminário Educação Financeira Digital

– Palestra Educação financeira nos pequenos negócios

– Palestra Ferramentas digitais de gestão financeira

– Bate- papo com os bancos

Exu – Dias 22 e 23 de maio

Local: Escola Bárbara de Alencar

Dia 22, das 18h às 22h – Oficina qualidade no atendimento ao turista

Dia 23, 19h às 21h – Oficina Comércio eletrônico

Ipubi – de 20 a 24 de maio

Local: Praça Nilza Lins

Dia 20 – Sala 1

18h às 22h – Oficina Como aparecer no Google

Sala 2

19h às 22h – Oficina manipulação de alimentos

Dia 21 – Sala 1

16h às 18h – Palestra Marca é tudo. A importância da marca para a empresa

18 às 22 – Oficina Whatsapp Business como ferramenta de vendas

Sala 2

19h às 22h – Oficina como definir preço de vendas

Dia 22 – sala 1

16h às 18h – Palestra Máquina de cartão para MEI. Como funciona?

18h às 22h – Oficina Como vender por um site de comércio online

Sala 2 – 18h às 22h – Oficina Design de pratos para bares e restaurantes

Dia 23 – Sala 1

16h às 18h – Palestra Sua empresa esta preparada para o eSocial?

 18h às 22h – Como anunciar no Facebook e Instagram

Sala 2

18h às 22h – Oficina Vitrinismo construindo cenários

Dia 24 – Sala 1

16h às 18h – O que muda na nova previdência ?

18h às 22h – Crédito e cobrança

Sala 2

18h às 22h – Oficina Qualidade no atendimento ao turista

Consultoria, De 20 a 24 de maio

Das 13h às 17h e das 18h às 22h

Orientação para Formalização MEI, Gestão Financeira e Gestão de Marketing e Vendas

Serviço:

Semana do Microempreendedor Individual (MEI)

Quando: De 20 a 24 de maio no Sertão do Araripe
Quanto: Gratuito
Mais informações: 0800 570 0800 ou (87) 3873-1708
Inscrições: loja.pe.sebrae.com.br ou locais das atividades

MODA CENTER SANTA CRUZ ANUNCIA INVESTIMENTOS E SE PREPARA PARA ALTA TEMPORADA

 Nos próximos doze meses o centro de compras atacadista fará investimentos que somam mais de seis milhões na melhoria da sua infraestrutura. Primeira alta temporada do ano começa este final de semana.

Em assembleia de condôminos realizada na última semana, o Moda Center Santa Cruz aprovou investimentos que ultrapassam os seis milhões de reais para melhorias em sua infraestrutura. Os valores serão aplicados em obras para maior conforto térmico no centro de compras, além da adequação do sistema elétrico, melhoria do projeto de combate a incêndios, construção de novos espaços para área administrativa e de operações. Todo o recurso será próprio arrecadado com rateio entre os condôminos e com leilão de ambientes para pontos de venda.

O centro de compras atacadista também está preparado para a primeira etapa de alta temporada no ano, que começa no dia 19 de maio e segue até 23 de junho. Para isso, além de passar a realizar suas feiras aos domingos e segundas, das 6h às 18h, ao invés das segundas e terças-feiras, também investe em decoração característica das festas juninas e em música ao vivo para receber os clientes que buscam reabastecer seus estoques para o Dia dos Namorados e o São João.

A alta temporada também coincide com os lançamentos de novidades das coleções de inverno das marcas locais. Segundo José Gomes Filho, síndico do Moda Center, a expectativa é positiva com relação ao ano passado. “As mudanças que esperávamos que acontecessem na economia ainda não se concretizaram. Mesmo assim, estimamos que o crescimento de público nesta primeira alta temporada de 2019 seja semelhante ao do ano passado, quando crescemos 8% em relação ao número de clientes que recebemos nos meses de maio e junho de 2017”, comentou. A expectativa é receber cerca de 50 mil compradores por feira.

Ainda segundo o síndico, muitas vendas no atacado já vêm sendo feitas com auxílio das redes sociais, modificando um pouco o perfil da movimentação no parque das feiras. “Alguns clientes passaram a vir menos. Encomendam os produtos via aplicativo e os lojistas se preocupam apenas com o envio para várias regiões do país”, explicou.

ESTRUTURA – Referência nacional, o Moda Center Santa Cruz é o maior centro atacadista de confecções do Brasil. A ampla estrutura é composta por seis módulos, que ocupam uma área coberta de 120 mil metros quadrados construída num espaço de 32 hectares. O empreendimento reúne mais de 10 mil lojas e boxes onde são comercializadas peças no atacado e no varejo. O mix de produtos inclui de itens populares a artigos mais trabalhados. O parque disponibiliza seis praças de alimentação com restaurantes e lanchonetes, estacionamento gratuito, rede própria de hotéis, pousadas e dormitórios com mais de dois mil leitos, posto ambulatorial, caixas eletrônicos, banheiros, fraldários, casa lotérica, carrinhos de compras, sistema de som, rádio exclusiva, circuito interno de segurança e muito mais.

Mais informações pelo telefone (81) 3759.1000 e nos perfis do parque de feiras nas redes sociais @modacentersantacruz.

AEDA ABRE INSCRIÇÕES PARA O VESTIBULAR 2019.2 EM NOVE CURSOS

A Autarquia Educacional do Araripe – Aeda está com inscrições abertas para o vestibular 2019.2 das três Instituições de Ensino Superior: Fafopa, Faciagra e Facisa que será realizado no dia 07 de julho. São vagas para nove cursos e os alunos podem usar a nota do ENEM como forma de ingresso.

Na Facisa estão sendo ofertadas 66 vagas no curso de Administração; 66 em Ciências Contábeis e 100 em Direito; na Faciagra são 56 vagas em Agronomia e 80 em Tecnólogo em Gestão Ambiental e, por fim, na Fafopa são 80 vagas para Ciências Biológicas, 80 para História, 80 para Matemática e 57 para Letras. As inscrições vão até o dia 25 de junho ao preço de R$ 50 e são feitas exclusivamente pelo site da Aeda www.portalaeda.edu.br

A prova é composta por uma redação e mais 100 questões objetivas e será realizada no dia 07 de julho no campus I (Bairro Universitário, em Araripina) a partir das 8h. Os candidatos que desejam usar sua nota do Exame Nacional do Ensino Médio – Enem têm até o dia 18 de junho para apresentar o boleto de inscrição pago e o Boletim de Desempenho Individual do Enem em que ateste nota superior a 300 pontos a partir das edições de 2015. O resultado preliminar do vestibular e das notas do Enem será divulgado no dia 12 de julho e as matrículas para os aprovados entre os dias 22 a 26.