SESC LER BODOCÓ INSCREVE PARA OFICINA “NARRATIVAS AFETIVAS E ESCRITA CRIATIVA”

Curso integra o projeto Laboratório de Autoria Literária Marcelino Brígido e está no segundo módulo

O Sesc Ler Bodocó está oferecendo mais uma oportunidade para as pessoas que gostam de escrita e literatura ampliarem seus conhecimentos e melhorarem seu desempenho na hora de escrever. A partir do dia 6 de outubro, será realizado remotamente via Google Meet, sempre às 19h, o segundo módulo da oficina de literatura “Narrativas Afetivas e Escrita Criativa”, ministrada pelos escritores Cícero Belmar e Raimundo de Moraes.

 

A programação integra o projeto Laboratório de Autoria Literária Marcelino Brígido e tem o objetivo de sensibilizar para a leitura, análise e construção de textos através das experiências vividas visando usar a literatura como ferramenta de expressão e autoconhecimento.

 

A oficina é voltada para jovens e adultos. As inscrições são limitadas e podem ser realizadas até o dia 1º de outubro pelo link: https://bit.ly/2G7U6vi. O valor é de R$ 30 para o público em geral. Trabalhadores do comércio de bens, serviços e turismo e seus dependentes têm desconto e pagam R$15.

 

O Laboratório de Autoria Literária Marcelino Brígido é um local de incentivo e formação para escritores e de troca de experiências com outras linguagens. São desenvolvidas ações como recitais, cursos, oficinas, lançamentos de livros e performances.

 

Escritores – Cícero Belmar é escritor, dramaturgo e jornalista. Publicou, entre outros, “Rosselini amou a pensão de Dona Bombom”, “Acabou-se o que era doce”  e “Aqueles livros não me iludem mais”. É membro da Academia Pernambucana de Letras desde 2017. Raimundo Moraes é escritor, jornalista e publicitário. Entre os livros publicados estão “Jesus Cristo, mon amour” (poesia; Edição do Autor/ Funcultura-PE); “Escrever ficção não é bicho-papão” (com o grupo Autoajuda Literária; Companhia Editora de Pernambuco); “Coesia” (com os heterônimos Alma Henning e Aymmar Rodriguéz; Edição do Autor); entre outros.

 

Serviço:

Laboratório de Autoria Literária Marcelino Brígido

Oficina Narrativas Afetivas e Escrita Criativa

Inscrições: https://bit.ly/2G7U6vi

Valor: R$30 (público em geral) e R$15 (Trabalhadores do comércio e dependentes)

Informações: (87) 3878-1724

CONEX DISCUTE O FUTURO SOB A ÓTICA DA LIDERANÇA, DAS FINANÇAS E DO EMPREENDEDORISMO

Juntos, os maiores especialistas do mercado debatem tendência, mercado e inovação

Estar atualizado com relação às principais tendências do mercado nunca foi tão essencial como nos últimos meses. Pensando na perspectiva de promover a experiência de valor e a capacitação em prol da retomada das pessoas ao mercado de trabalho, o Instituto Euvaldo Lodi de Pernambuco (IEL-PE) inova ao propor um evento on-line com os maiores experts do País. O CONEX acontecerá entre os meses de outubro e dezembro deste ano e contará com a participação de grandes nomes do cenário nacional, como Luiz Felipe Pondé, Leandro Karnal e Tiago Nigro. Durante três dias, os especialistas irão debater assuntos como gestão, liderança, finanças, empreendedorismo e negócios.

De acordo com a superintendente do IEL-PE, Fernanda Minniti Mançano, a ideia do evento nasceu da necessidade de oferecer às pessoas o acesso ao debate sobre temas importantes em prol dos ambientes inovadores. “Tivemos o cuidado de reunir profissionais que agreguem à vida das pessoas e que, de alguma forma, contribuam para a retomada neste momento de pós-pandemia”, destacou.

O CONEX será divido em três dias. O primeiro dia de evento, marcado para 8 de outubro, será dedicado às temáticas de gestão e liderança e contará com a presença de Rossandro Klinjey, Luiz Felipe Pondé e Leandro Karnal. A experiência do segundo dia permitirá que os participantes conheçam mais sobre finanças e investimentos, com especialistas como Teco Medina, Sandro Magaldi e Tiago Nigro. A realização será no dia 18 de novembro.

Para o encerramento, no terceiro dia, o CONEX contará com debates e participações dos experts cujas carreiras estão atreladas ao mundo do empreendedorismo e dos negócios. Acontecerá no dia 10 de dezembro, com Camila Farani, Caíto Maia e Cris Arcangeli. Sediado por Pernambuco e com dimensão nacional, o IEL-PE reunirá de forma on-line grandes expoentes do mercado brasileiro com interação por meio das suas plataformas. Inscrições e valores disponíveis no http://ielpe.org.br/conex/

“Tivemos que nos reinventar para atender às demandas e podemos dizer que estamos preparados para oferecer um evento que reúna qualidade de conteúdo, inovação e networking”, frisou Fernanda, afirmando ainda que as pessoas que se adequarem a esta realidade tem grande probabilidade de se destacar nas grandes empresas quando o cenário se recuperar.

Com a realização do IEL-PE, da FIEPE e do SEBRAE, o evento conta com o patrocínio da Etical,  Brisanet, Rochedo, M Construções, Sanpower Energia Solar, Sanvale Soluções Ambientais, Ianes Alimentos, Regente Supermercado,  Engecol Engenharia, Copergás, BNB/Governo Federal, Um Telecom, Enel e Exiba Outdoor, e tem apoio dos Sindicatos e da CNI.

Serviços:

Gestão e Liderança (08/10)

19h às 19h40 – Rossandro Klinjey. Tema da Palestra: As novas exigências e papeis do líder

19h40 às 20h20 – Luiz Felipe Pondé. Tema da Palestra: Liderança e Protagonismo

20h20 às 21h00 – Leandro Karnal. Tema da Palestra: Ética como valor e estratégia

21h às 21h20 – Moderação

Finanças e Investimento (18/11)

19h às 19h40 – Teco Medina. Tema da Palestra: Planejamento financeiro – Saber quanto se ganha e quanto se gasta.

19h40 às 20h20 – Sandro Magaldi. Tema da Palestra: Transforme a Cultura do seu negócio ou morra.

20h20 às 21h– Thiago Nigro. Tema da Palestra: Investimento e Superação: Do mil ao milhão

21h às 21h20 – Moderação

Empreendedorismo e Negócios (10/12)

19h às 19h40 – Camila Farani. Tema da Palestra: Como Vencer os Tubarões

19h40 às 20h20 – Caito Maia. Tema da Palestra: Empreendedorismo e Inovação nos Negócios

20h20 às 21h00 – Cris Arcangeli. Tema da Palestra: Criação de marcas de sucesso

21h às 21h20 – Moderação

Inscrições

http://ielpe.org.br/conex/

(87) 38734620 ou Whatsapp (87) 981786670

DEPUTADA ROBERTA ARRAES REUNIU-SE COM O GOVERNADOR PAULO CÂMARA E O PRÉ-CANDIDATO TIÃO DO GESSO

Na tarde da última quinta feira (24), a deputada Roberta Arraes esteve reunida com o governador Paulo Câmara, no Palácio do Campo das Princesas, juntamente com o pré-candidato a prefeito da cidade de Araripina, Tião do Gesso, o deputado federal, Augusto Coutinho e o empresário, Humberto Arraes, para tratar de assuntos inerentes ao município.

Na oportunidade, conversaram sobre a importância da região do Sertão do Araripe para o desenvolvimento do Estado e as ações que almejam para a cidade de Araripina, para beneficiar a população que reside na zona urbana, rural e trazer de volta o desenvolvimento do município.

            De acordo com a parlamentar, ela e o pré-candidato, Tião, tem um sonho em comum que é ver Araripina voltar a crescer e se desenvolver.

“Queremos ver esse crescimento não só nos quatro meses que antecede o período eleitoral, mas sim, que seja com permanência, planejamento e eficiência, trazendo a cidade para o patamar ocupado anteriormente, como a cidade que mais se desenvolveu no passado recente no sertão”, frisou Roberta.

            O encontro também foi um momento oportuno para referendar a união e o compromisso, além da deputada Roberta Arraes solicitar mais uma vez, ao governador, a execução da obra da estrada do distrito de Lagoa do Barro, pleito que a mesma tem muito lutado, e mencionou novamente a importância desta obra, que já se encontra licitada, como também solicitou outras ações importantes na saúde, infraestrutura, educação, oportunidade para os jovens e outras.

“Desde o meu primeiro mandato tenho trabalhado e defendido com muita intensidade, junto ao governador Paulo Câmara, a interiorização dos serviços em nossa região. Seguiremos fortes e unidos em busca da esperança que nossa Araripina tanto merece”, finalizou a deputada.

Foto: Ashlley Melo/SEI

DIOCESE DE SALGUEIRO DIVULGA NOTA SOBRE USO DA IMAGEM DO BISPO DOM MAGNUS COM CUNHO POLÍTICO EM SALGUEIRO

Após circular nas redes sociais a foto do perfil de uma senhora acompanhada do bispo Dom Magnus com o tema de um grupo político da oposição em Salgueiro, a Diocese de Salgueiro divulgou uma nota esclarecendo a situação. No texto, a entidade religiosa destaca que o bispo e outros membros do clero não têm predileção nem aversão por quaisquer candidatos.

Confira a nota na íntegra:

“A Diocese de Salgueiro tomou conhecimento que circulava nas redes sociais uma fotografia de uma senhora ladeada pelo Bispo Dom Magnus Henrique Lopes, editada com tema das cores e o nome de partido político, número do candidato “#Eu sou…”.

Do modo como a referida foto está editada induz a interpretação que o Bispo apoia algum candidato, o que não é verdade.

É importante registrar que a senhora que aparece naquela fotografia tem 82 anos de idade e, sequer, sabia da montagem. O responsável pela edição já reconheceu o erro, deletou a fotografia das redes sociais e publicou texto pedindo desculpas pela transgressão e o constrangimento provocados.

A Diocese de Salgueiro reafirma que nenhum dos seus membros tem predileção ou aversão por quaisquer candidatos, apenas roga ao Senhor que ilumine e oriente os vencedores para que governem em favor do seu povo, especialmente dos mais necessitados.”

 Blog Alvinho Patriota

CAB MOTORS QUER ARARIPINA COMO POLO DE CARROS ELÉTRICOS

Blog do Magno

Fundada em 2017, a CAB Motors é uma companhia do Grupo Ferreira Souza que vem se destacando no mercado automotivo 4×4, direcionado ao campo corporativo. O empresário cearense Antonio Souza, 49, é seu fundador. A CAB é detentora dos direitos de produção e comercialização do Jipe Stark, um produto 100% nacional.

Ao blog, Souza informou que a expectativa da empresa é ter uma montadora em cada região do Brasil. Há negociações com Campina Grande (PB) para sediar a fábrica que abastecerá as montadoras. Brasília foi a primeira cidade a entrar na rota para produzir a série de carros Diesel 4×4. “Como o Distrito Federal praticamente não teve parada total durante a pandemia, direcionamos a implantação da montadora regional do Centro Oeste”, explica.

A intenção é de levar a empresa para o Pará, no Norte, Santa Catarina, no Sul, e Juazeiro do Norte, no Ceará. O empresário conta que está avaliando qual estado do Sudeste receberá a montadora.

Hoje, há tratativas com o Governo de Pernambuco para que Araripina, no Sertão, seja o centro no Norte-Nordeste da fabricação dos carros elétricos da CAB Motors, com os modelos eCab e eStark, o que vai gerar centenas de empregos diretos e indiretos, fortalecendo a economia da região.

“Escolhi Araripina para ser a nossa divisão de carros elétricos. A expectativa é de que os modelos eCab e eStark sejam lançados até janeiro. Nos próximos 60 dias, esperamos que os trâmites sejam finalizados para iniciarmos as obras”, revela Antonio Souza.

NINGUÉM ACERTA AS SEIS DEZENAS E MEGA-SENA VAI A R$ 50 MILHÕES

Ninguém acertou as seis dezenas da Mega-Sena sorteadas nesta quarta-feira (23) à noite no Espaço Loterias Caixa, no Terminal Rodoviário Tietê, em São Paulo. Os números sorteados no Concurso 2.302 foram 18, 22, 25, 27, 43, 44.

A quina teve 126 acertadores e cada um vai receber o prêmio de R$ 27.380,62. Os 6.684 ganhadores da quadra terão o prêmio individual de R$ 737,35. A estimativa de prêmio do próximo concurso, no sábado (26), é de R$ 50 milhões.

As apostas na Mega-Sena podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio em lotéricas ou pela internet. A aposta simples, com seis dezenas, custa R$ 4,50. A probabilidade de ganhar o prêmio milionário, com a aposta simples, é de 1 em 50.063.860, de acordo com a Caixa.

Agência Brasil

MORRE VÍTIMA DO NOVO CORONAVÍRUS MÉDICO DE PETROLINA QUE ATUAVA NA LINHA DE FRENTE CONTRA A DOENÇA

Por Carlos Britto

Petrolina perdeu ontem (23) um dos seus profissionais da linha de frente contra o novo coronavírus (Covid-19). O médico Aldo Simões, de 54 anos, estava internado há 15 dias após contrair a forma mais grave da doença.

Ele tinha hipertensão como comorbidade e estava evoluindo bem, mas seu quadro de saúde piorou e ele teve uma parada cardíaca, vindo a óbito. Aldo trabalhava na linha de frente do hospital Neurocárdio e coordenava  o pronto-socorro da unidade. Aldo deixa  esposa e dois filhos. As informações são do Programa Viva Bem, da Petrolina FM.

FESTAS, CASAMENTOS, SHOWS, PEÇAS DE TEATRO E CINEMA SERÃO LIBERADOS EM PERNAMBUCO A PARTIR DA PRÓXIMA SEGUNDA

Pernambuco vai liberar festas, casamentos, shows, peças de teatro e cinema, a partir de segunda-feira (28). A mudança faz parte da nona etapa do Plano de Convivência com a Covid-19 e é válida para o Grande Recife, Zona da Mata e parte do Agreste. No Interior, as regiões de Ouricuri e Afogados da Ingazeira avançam para a fase 8, onde as demais cidades já estão.

O governo também anunciou, em coletiva de imprensa transmitida pela internet, a permissão de entrada de todos os turistas em Fernando de Noronha, mesmo quem não teve novo coronavírus (Covid-19), a partir de 10 de outubro. Se não houver retrocessos no Plano de Convivência, todo o estado deverá estar na última fase de liberações até 9 de novembro.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, também haverá uma mudança na capacidade permitida de funcionamento nos restaurantes, bares e demais serviços de alimentação, que poderão funcionar com 70% da capacidade ocupada e no período das 6h à meia-noite. Isso é válido para as cidades na nona etapa do plano.

Para as cidades do Recife, Goiana, Palmares, Limoeiro e Caruaru, estamos antecipando esse aumento de carga para os serviços de alimentação para a quinta-feira (24). A partir de agora, também teremos avanços de fase no Plano de Convivência a cada 15 dias, respeitando o histórico dessa ampliação nas cidades”, afirmou o secretário.

Para a abertura dos eventos, é preciso obedecer a capacidade máxima de 100 pessoas por espaço, ou 30% da capacidade, dando preferência ao critério que ocasionar a menor quantidade de pessoas.

Com a mudança de capacidade dos serviços de alimentação, a distância obrigatória entre as mesas passa de 1,5 metro para 1 metro. Os clientes seguem precisando utilizar máscaras em todos os momentos em que não estiverem nas mesas.

Etapa 10

Caso os números dos níveis de contágio se mantenham controlados depois de duas semanas na etapa 9, as gerências de saúde 1, 2, 3, 4 e 12, do Grande Recife, Zona da Mata e parte do Agreste, avançam para a etapa 10 no dia 12 de outubro. Nessa etapa, serão liberados os eventos corporativos, culturais e sociais para até 300 pessoas e os parques de diversão.

Fernando de Noronha

Desde 1º de setembro, está permitida a entrada de turistas que já tiveram a Covid-19 em Noronha. Agora, essa reabertura ocorrerá mesmo para aqueles que ainda não foram contaminados pelo novo coronavírus. No entanto, eles deverão entregar o resultado de um exame do tipo RT-PCR, que comprove que eles não estão com o vírus ativo no organismo.

Não se detecta contaminação comunitária desde maio e, por isso, hoje, podemos anunciar a segunda etapa da reabertura do turismo. O turista precisa realizar um exame tipo RT-PCR no dia anterior ou mesmo no dia do embarque e apresentar no desembarque. Ele também precisa ativar o aplicativo Dycovid e fazer um novo teste na saída da ilha, para que, se for positivo, possamos rastrear todos que tiveram contato com ele“, afirmou o administrador de Noronha, Guilherme Rocha.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, um estudo para analisar a presença do vírus na ilha está sendo feito para subsidiar a reabertura. “As medidas em Noronha estão sendo orientadas por uma pesquisa de incidência e prevalência, fundamental para analisar a permanência do vírus no arquipélago. Nas duas primeiras etapas, mais de 1,6 mil testes foram feitos e, na segunda, todos os 758 exames realizados deram negativo“, explicou. (Fonte: G1-PE/Carlos Britto)

MERCADO DE TRABALHO: NO NOVO NORMAL, JOVENS PRECISARÃO REFORÇAR HABILIDADES TÉCNICAS E SOCIOEMOCIONAIS

Em pouco tempo, a pandemia provocada pelo novo coronavírus causou mudanças profundas no mercado de trabalho. Embora muitos desses impactos já sejam visíveis no presente, eles também poderão ecoar no futuro – especialmente no dos jovens. Um estudo divulgado no último mês de maio pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) revelou que, desde o início da pandemia, um em cada seis deixou de trabalhar e os que mantiveram o emprego tiveram uma redução média de 23% nas horas de trabalho. Agora, nesse contexto de retomada, o retorno e a inserção desse grupo no mercado de trabalho também será um desafio – isso porque, além de habilidades técnicas, os jovens precisarão estar com as habilidades socioemocionais em dia.

Para Andréa Carvalho, analista de Educação Profissional do SENAI Pernambuco, a melhor forma de retornar ao mercado de trabalho é, em primeiro lugar, buscar as qualificações que as empresas estão procurando – como é o caso da área de tecnologia. Além disso, investir em cursos profissionalizantes, por exemplo, pode garantir a aquisição de conhecimentos de forma mais rápida. “A capacitação sempre abre novas portas e a educação tecnológica é muito focada no aprender a fazer. Quando você está fazendo um curso técnico, por exemplo, as empresas – e especialmente as indústrias – demonstram maior interesse porque estes cursos possuem visão mercadológica”, opina.

Andréa defende, no entanto, que no cenário pós-pandemia haverá um interesse maior das empresas pelas habilidades socioemocionais e comportamentais dos profissionais – especialmente pela resiliência. E ela não está sozinha. A própria OIT definiu que, devido à pandemia, o tema a ser promovido no Dia Mundial das Habilidades dos Jovens, celebrado no dia 15 de julho, seria “Habilidades para uma Juventude Resiliente na Era da COVID-19 e Além”. A justificativa para isso é que, com a pandemia, o jovem sofreu em diversas áreas: com a perda do emprego, com a paralisação da sua educação e com incerteza sobre o futuro.

No ponto de vista de Andréa, a resiliência será importante para que os jovens consigam superar os desafios atuais e para que eles possam se adaptar às mudanças futuras. “O novo normal é focado em comportamentos e isso precisa ser visto pelas instituições de ensino. A principal característica que esse profissional precisará demonstrar é a adaptabilidade, que virou caso de sobrevivência no mundo corporativo. Além disso, criatividade e resiliência. Uma pessoa resiliente consegue focar em soluções, mesmo em um ambiente problemático”, pondera.

SECA AVANÇA EM PERNAMBUCO E ATINGE MAIS DA METADE DO TERRITÓRIO, APONTA MONITOR

Foto: Marcelo Casal Jr./Agência Brasil 

Dados do Monitor de Secas da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA) mostram que, em agosto, Pernambuco registrou expansão de área seca fraca – regiões de estiagem. De acordo com os índices, o aumento foi de 37,68% em julho para 54,29% no último mês.

O Governo do Estado decretou situação de emergência por estiagem em 55 municípios do Sertão, em 11 de setembro, e mais recentemente, no último sábado (19), em mais 59 cidades do Agreste. Ou seja, atualmente há 114 dos 184 municípios pernambucanos em emergência por causa da seca.

Segundo o monitor, a expansão da seca em agosto ocorreu justamente para o Litoral Norte e Agreste, além do surgimento de seca fraca no Sertão. “Esta com impactos de curto prazo. Houve mudanças nos impactos da seca no Sertão do São Francisco e no centro do estado, que passaram de longo para curto e longo prazo. No leste, os impactos permanecem de curto e longo prazo”, diz nota técnica oficial da ANA.

A situação de seca aumentou em 12 dos 19 estados acompanhados pelo monitor. Além de Pernambuco, foi registrado progesso na estiagem em Alagoas, Ceará, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins. Em Pernambuco, a ANA ressalta que o grau de severidade da seca se manteve.

A redução de áreas com o fenômeno aconteceu somente na Bahia e no Espírito Santo, sendo que o Distrito Federal se manteve sem seca. Enquanto Mato Grosso do Sul manteve 100% de seu território com seca, os três estados do Sul – Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina – ainda não podem ter sua situação comparada com meses anteriores porque estreiam no Mapa do Monitor de agosto, que é o mais recente.

Folha PE