ALERTA DO TCE QUER BARRAR USO INDEVIDO DE CONSÓRCIOS POR PREFEITOS

tce

O Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE) divulgou um ofício alertando os gestores de Pernambuco sobre o uso indevido de consórcios municipais, sem obedecer às normas de contabilidade pública. O documento é assinado pelo presidente do órgão, Carlos Porto, e datado desta quinta-feira (26).

A questão surgiu de uma provocação do Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPCO), por meio do procurador Cristiano Pimentel, que teve informações de que alguns consórcios não estavam seguindo as normas de escrituração de receitas e despesas, inclusive as contidas na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

De acordo como TCE, os prefeitos poderão ser punidos pessoalmente, caso o consórcio não esteja seguindo a legislação federal. Além disso, já houve determinação do tribunal para auditores do órgão fiscalizarem o cumprimento do alerta. (Blog Folhape)

Share Button

REGULAMENTADA A FABRICAÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO DE GELO NO ESTADO

gelo

Por Secretaria de Imprensa

O governador Paulo Câmara assinou, nesta quinta-feira (26.05), o decreto que regulamenta a Lei n° 15.556, de 02 setembro de 2015, normatizando a fabricação e comercialização do gelo no Estado. A lei, que é pioneira no País, oferece um padrão para o produto, evitando a distribuição clandestina. A partir de 1° de junho, os fabricantes devem exibir um selo obtido na vigilância sanitária que certifica a regularidade da empresa. A fiscalização ficará por conta da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), que já designou equipes para o início desse trabalho. Na ocasião, o gestor afirmou que a medida dialoga com a saúde pública, pois a nova legislação oferece segurança aos consumidores.

“Essa normatização é importante para a população, pois está diretamente relacionada com a saúde, e ainda vai melhorar a qualidade do produto oferecido”, afirmou Paulo Câmara. O governador explicou que a legislação também ordena o segmento que, atualmente, sofre com empresas clandestinas. “Nós fizemos uma parceria com o setor que tem empresários que desejam prosperar e, ao mesmo tempo, estamos assegurando a qualidade do produto que será fornecido”, completou Câmara.

De autoria do deputado estadual Antônio Moraes, a Lei trata ainda da criação de um selo que vai atestar a qualidade do produto produzido e comercializado em Pernambuco. O parlamentar informou que 300 fabricantes atuam no Estado e que a fiscalização é pleito do próprio empresariado. “As pessoas agora vão ter uma referência de que aquele gelo é fiscalizado e tem qualidade”, reforçou o parlamentar, que também é autor do projeto que originou a lei nº 14.826, em 2012, que regulamenta a captação e a comercialização de água potável.

CONTROLE – Além de discorrer sobre às condições sanitárias de fabricação, o texto normatiza as embalagens e os rótulos, e estabelece que a água utilizada para fabricação do gelo deve respeitar o padrão do Ministério da Saúde. Esses mecanismos vão ampliar o controle na distribuição e também coibir a produção clandestina do produto no Estado.

O diretor da Apevisa, Jaime Brito, destacou que cerca de 30 fabricantes estão de acordo com a nova legislação estadual e que os demais devem realizar o cadastramento. “A partir de 1° de junho, nós vamos estar com toda estrutura de fiscalização pronta e quem for pego ilegalmente será autuado. Os produtores que não realizaram o cadastramento devem procurar a vigilância sanitária do município para se regularizar, porque só adquire o selo quem for cadastrado”, explicou Jaime.

Share Button

PAULO CÂMARA EMPOSSA NOVOS SECRETÁRIOS ESTADUAIS

ALEXANDRE VALENÇA | MÁRCIO STEFANNI | MARCELO BARRO

ALEXANDRE VALENÇA | MÁRCIO STEFANNI | MARCELO BARRO

Por Secretaria de Imprensa – Foto: Aluísio Pereira (Divulgação SEI)

O governador Paulo Câmara oficializou três alterações na sua equipe, nesta quinta-feira (26.05), em uma solenidade no Palácio do Campo das Princesas. Acompanhado da primeira-dama Ana Luiza Câmara, de auxiliares e de correligionários políticos, o gestor empossou os novos secretários da Fazenda, Marcelo Barros; de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni; e de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação, Alexandre Valença. Na ocasião, o chefe do Executivo estadual afirmou que as mudanças foram necessárias e garantiu que os recém-chegados vão fortalecer o trabalho que já vem sendo desenvolvido.

“Os novos secretários têm a responsabilidade de continuar o trabalho de seus antecessores e agregar valor a nossa equipe. Nós temos muitos projetos para tirar do papel, o que vai exigir de todos um esforço muito grande”, pontuou o governador. Paulo explicou que a escolha dos gestores está relacionada com a capacidade técnica, o nível de perseverança e também a confiança política. “Eles precisam estar determinados e, ao mesmo tempo, conscientes que nós temos uma forma de governar diferenciada. Essa atividade exige não só habilidade técnica, mas também sensibilidade política”, grifou.

Ao se referir a Danilo Cabral e Evandro Avelar que deixam o Governo de Pernambuco para assumir novos desafios, Câmara foi enfático: “Eles cumpriram o seu papel no Executivo e agora vão ajudar Pernambuco em outras frentes”. O chefe do Executivo estadual disse também que os dois são um grande quadro para a política brasileira. “Além de profissionais dedicados, Danilo e Evandro são excelentes companheiros e eu sempre quero contar com eles”, afirmou o governador. Danilo Cabral deixa o Governo para reassumir o seu mandato de deputado federal. Evandro Avelar vai se dedicar a novos projetos políticos.

Empossado na Secretaria de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni, afirmou que a nova função trouxe também novos desafios. “A pasta de Planejamento mantém ações em todo o Estado e nos permite pensar o futuro”, comentou o gestor. A pasta de Stefanni é responsável pelas principais ações do Governo, incluindo a coordenação do Pacto pela Vida. “É com essa missão de fazer mais com menos e entregar serviços de qualidade que nós assumimos a pasta”, completou o secretario.

O desenvolvimento e execução de políticas tributárias, além da normatização da programação financeira do Estado, entre outras responsabilidades, agora é uma atribuição de Marcelo Barros, que deixa o comando da Perpart para assumir a Fazenda. Barros afirmou que Pernambuco tem vocação para crescer e que o atual cenário econômico limitou algumas realizações. “Os desafios são enormes, mas sob a liderança de Paulo Câmara, com o seu time de gestores públicos experientes e dedicados, com muita transparência e trabalho, nós iremos superar a atual conjuntura”, assegurou Barros, enfatizando ainda a honra de atuar em uma instituição que já foi chefiada por nomes como Miguel Arraes, Eduardo Campos e o próprio governador.

Alexandre Valença recebeu do governador a missão de fomentar atividades empreendedoras, bem como a universalização do acesso ao crédito e o desenvolvimento de ações inovadoras para o segmento. À frente da Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação, Valença afirmou que a sua experiência como sindicalista na área da industria vai ajudar a ampliar as ações da pasta.”Eu vou trazer essa experiência do setor privado para o público”, completou o gestor.

Share Button

IMPEACHMENT TEM DATA PARA ACABAR NO SENADO

A comissão que analisa o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff voltou aos trabalhos. O relator Antonio Anastasia (PSDB-MG) apresentou uma sugestão de calendário para a condução do processo. Em sua previsão, a votação da pronúncia da ré, que verifica se as acusações são procedentes, acontecerá no plenário do Senado em 1º de agosto. Após essa fase, ainda acontece mais uma votação, que é de fato o julgamento.

A oposição, agora representada pelo PT, pediu mais tempo para, junto com a defesa da presidente afastada, analisar o calendário sugerido. O presidente da comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB), concedeu vistas e o cronograma sugerido por Anastasia será votado na próxima quinta-feira, quando os senadores voltarão a se reunir.

O calendário sugerido, de certa forma, adianta o processo. Apesar de não existir prazo regimental para a condução dessa segunda fase, Lira previa que o processo durasse em média quatro meses. Com o cronograma sugerido, até a próxima votação seriam menos de 90 dias.

A defesa prévia da presidente deve ser apresentada até a próxima quarta-feira. Este prazo é previsto na Lei do Impeachment. Em seguida, o relator sugere que sejam dadas duas semanas para a fase probatória, em que são ouvidas testemunhas, apresentados documentos e realizadas perícias. Em 20 de Junho, Anastasia sugere que a comissão faça o interrogatório da presidente afastada Dilma Rousseff.

Após essa etapa, o calendário sugerido concede duas semanas para que os denunciantes, ou seja, os autores do processo de impeachment, Janaína Paschoal e Miguel Reale Júnior, apresentem por escrito suas alegações finais. O mesmo prazo é dado, em seguida, para que a defesa de Dilma apresente suas alegações.

Assim como na primeira fase, o relator vai apresentar um novo parecer. Dessa vez, ele não justifica a abertura do processo, mas verifica se as acusações são procedentes e se considera que a presidente é ou não culpada. A apresentação do relatório ficou agendada para 25 de julho. A votação na comissão aconteceria em 27 de julho.

Independentemente do resultado na comissão, o relatório precisa ser apreciado pelo plenário do Senado. Essa segunda votação não é ainda o julgamento da presidente, mas a fase chamada de “pronúncia do réu”, que verifica a procedência das acusações. Caso a maioria simples dos senadores concorde que as acusações procedem, aí sim é marcado o julgamento que pode afastar definitivamente a presidente. Se a maioria dos senadores discordarem, o processo é encerrado.

Mesmo aprovado, o calendário apresentado por Anastasia é flexível, porque não existem prazos regimentais para essa fase do processo e a duração pode ser maior ou menor que os 180 dias previstos para o afastamento temporário da presidente.

Se o prazo se encerrar, a presidente afastada volta ao seu cargo, mas a comissão continua o processo de impeachment. (Diário de Pernambuco com agências)

Share Button

DEFESA DE DILMA PRETENDE UTILIZAR DECLARAÇÕES DE JUCÁ

dilma

Por: AE

O PT se prepara para uma fase mais técnica do processo de impeachment. O objetivo é pedir diferentes documentos e perícias mas também fazer uso político de situações negativas no governo Temer. Para aproveitar a primeira crise do presidente em exercício, os petistas querem inserir a gravação do ex-ministro do Planejamento, Romero Jucá, no processo.

A comissão processante retornou aos trabalhos nesta quarta-feira, e o relator Antonio Anastasia (PSDB-MG) apresentou uma sugestão de calendário para os trabalhos. O cronograma será votado pelo colegiado na próxima semana. Na proposta, constam duas semanas dedicadas a ouvir testemunhas, apresentação de documentos e perícias.

Nessa etapa, os petistas querem trazer o diálogo entre o senador Jucá (PMDB-RR) e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado. O objetivo é alegar que há vício no processo de impeachment, à semelhança do que foi feito quando o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi afastado do cargo pelo Supremo sob o argumento de desvio de finalidade na função.

Da mesma forma, os petistas querem fazer uma correlação da atuação de Jucá, que foi um dos principais articuladores do processo de impeachment, com desvio de finalidade. “Ele fala na conversa que é preciso trocar o governo, fazer o impeachment. Mas ele não fala ali sobre pedaladas, sobre créditos suplementares. O argumento é parar a Lava Jato”, disse o petistas Lindbergh Farias (PT-RJ). No diálogo Jucá fala sobre trocar o governo para “estancar” a operação da Polícia Federal.

Na sessão desta quarta, o presidente da comissão, Raimundo Lira (PMDB-PB), recusou o pedido de suspensão dos trabalhos por alegação de vício, considerando a atuação de Jucá. Os petistas querem levar a questão à Procuradoria Geral da República e ao Supremo.

Provas

Além da gravação de Jucá, a defesa da presidente Dilma pedirá documentos relacionados ao Plano Safra para demonstrar que não há autoria de Dilma Rousseff nas chamadas pedaladas, que atrasou repasses do governo ao Banco do Brasil.

A defesa pretende ainda trazer perícias feitas por consultorias externas demonstrando que a edição de créditos suplementares não alterou a meta fiscal, de forma que não haveria então crime de responsabilidade. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Share Button

MICROEMPREENDEDORES INDIVIDUAIS TÊM ATÉ 31 DE MAIO PARA DECLARAÇÃO DO MEI

Processo é gratuito e pode ser feito através do site da Receita Federal/Simples Nacional ou no Portal do Empreendedor

micro

Os empresários que trabalham por conta própria e com faturamento anual de até R$ 60 mil – Microempreendedores Individuais (MEI), que se formalizaram até 31/12/2015 – têm até o dia 31 de maio para realizar a Declaração do MEI 2016. Três informações básicas devem constar na declaração que é obrigatória para manutenção dos benefícios da formalização: faturamento bruto do ano, faturamento bruto da indústria, comércio e transporte interestadual e se a empresa teve empregado ou não. O processo pode ser realizado gratuitamente no site da Receita Federal/Simples Nacional ou no Portal do Empreendedor.

“Caso o MEI não realize a declaração, a empresa fica impedida de gerar o DAS (Documento de Arrecadação Simplificada), documento de pagamento mensal obrigatório pelo MEI; fica inadimplente com o Simples Nacional e, por estar inadimplente junto à Receita Federal, não poderá conseguir a certidão negativa desse órgão, o que impede de conseguir financiamento bancário, por exemplo. Além de perder eventuais benefícios previdenciários”, explica o analista de orientação empresarial do Sebrae em Pernambuco, Luiz Nogueira. Ele sugere que o microempreendedor procure um contador para que o MEI não vire uma ME (Micro Empresa, faturamento anual acima dos R$ 72 mil).

Além desses ônus, caso o empreendedor não apresente a declaração até a data estabelecida, estará sujeito à cobrança de multas. O empresário pode perder benefícios como auxílio maternidade, doença e aposentadoria, além de não conseguir emitir os boletos mensais para o pagamento do INSS, ISS e ICMS.

 A declaração deve ser feita através do Portal do Empreendedor (www.portaldoempreendedor.gov.br). O Sebrae oferece auxílio aos microempreendedores em caso de dúvidas, por meio de atendimento presencial gratuito, pelo telefone da Central de Relacionamento Sebrae – 0800 570 0800 ou com as ações itinerantes.

 Semana do MEI

 O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado de Pernambuco divulgou o balanço da 8ª edição da Semana do MEI. Foram beneficiadas 9.213 pessoas, sendo 5.002 físicas e 4.211 jurídicas, nos 27 municípios do estado, onde a ação foi realizada. Analistas e consultores do Sebrae em Pernambuco realizaram orientações sobre a declaração durante o evento, realizado entre os dias 25 de abril e 14 de maio.

 Além disso, através de palestras e cursos gratuitos, os microempreendedores individuais foram estimulados à formalização e receberam dicas de como comprar, vender, planejar, formular preço e outros assuntos deste segmento.

 

Share Button

JUSTIÇA MANTÉM DATA DO CONCURSO DA POLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO

pm

O juiz da 2ª Vara da Fazenda da Capital, Évio Marques da Silva, decidiu, na tarde desta quarta-feira (25), não conceder liminar para adiamento e reabertura das inscrições do concurso da Polícia Militar de Pernambuco. Na semana passada, um grupo de transexuais e travestis entrou com a ação na Justiça, após a Secretaria de Defesa Social (SDS) prometer alterar um dos itens do edital, que excluía os candidatos trans. A primeira etapa das provas está prevista para o próximo domingo (29).

A exclusão do item atendeu ao pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), durante audiência, realizada no último dia 16, com representantes do Governo do Estado e de movimentos LGBT. O  edital anterior retirava o direito de transexuais serem admitidos, pois previa a eliminação de quem apresenta as patologias constantes no CID-10 – Classificação Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde, adotado pela Organização Mundial de Saúde. No CID-10, o “transexualismo” é tratado como transtorno de identidade sexual.

Após representantes da SDS confirmarem que o item – considerado homofóbico – seria retirado, um grupo de transexuais que não havia se inscrito no concurso, acreditando que seria eliminado na fase da avaliação médica, decidiu que deveria recorrer à Justiça para garantir que as inscrições fossem reabertas. No entanto, a decisão não foi favorável.

A Secretaria de Defesa Social (SDS) ainda será notificada da decisão judicial.

O concurso

Com mais de 121 mil inscritos, um recorde no Estado, as provas do concurso da PM serão aplicadas  no Recife e Região Metropolitana e nos municípios de Caruaru, Garanhuns, Nazaré da Mata, Petrolina e Serra Talhada. Os aprovados na primeira etapa serão avaliados em aptidão física, psicológica, exames médicos e investigação da vida social. No período de treinamento, após aprovação nas outras etapas, o aluno do Curso de Formação e Habilitação de Praças receberá Bolsa-Auxílio de Formação Profissional no valor de R$ 970,42. Após a nomeação, o soldado da PM receberá salário de R$ 2.319,88.

Fonte: JC Online

Share Button

GRAVAÇÕES: SARNEY PROMETE AJUDAR SÉRGIO MACHADO A ESCAPAR DE MORO, MAS “SEM ADVOGADO”

sarney

Com informações da Folha de S. Paulo – Blog de Jamildo

Em mais uma gravação que faz parte da delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, investigado pela Operação Lava Jato, o ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) aparece afirmando que ajudaria Machado caso passasse para o juiz federal Sérgio Moro. Porém, frisa que faria isso “sem meter advogado”.

Foi o próprio ex-presidente da Transpetro que gravou as conversas. O acordo de delação premiada dele foi homologado nessa terça-feira (24) pelo Supremo Tribunal Federal (STF), um dia depois de vazar o áudio de um diálogo com o senador Romero Jucá (PMDB-RR) que provocou a exoneração dele do Ministério do Planejamento. Mais cedo, foi a vez de uma gravação com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), mais um líder do partido, ser publicada.

“Nós temos é que fazer o nosso negócio e ver como é que está o teu advogado, até onde eles falando com ele em delação premiada”, diz Sarney a Machado. “Mas nós temos é que conseguir isso sem meter advogado no meio”, afirma ainda.

A gravação não deixa explícita qual seria a estratégia do ex-presidente para livrar Machado de Moro. Porém, envolve uma reunião com Renan Calheiros. Após sugestão de Machado de marcar também com Jucá, Sarney diz que não acha “conveniente”. “A gente não põe muita gente”, afirma.

Sarney respondeu em nota que as conversas que teve com Machado foram com “sentimento de solidariedade”. “Lamento que conversas privadas tornem-se públicas, pois podem ferir outras pessoas que nunca desejaríamos alcançar”, diz o texto assinado pelo peemedebista.

Share Button

SISU OFERECERÁ 56,4 MIL VAGAS PARA O SEGUNDO SEMESTRE; INSCRIÇÕES COMEÇAM DIA 30

Por: Agência Estado

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai oferecer 56.422 vagas em 65 instituições públicas de ensino superior para o segundo semestre deste ano. As inscrições poderão ser feitas de segunda-feira até o dia 2 de junho na internet, no site do Sisu. As vagas já estão disponíveis para consulta.

O número de vagas aumentou 1,5% em relação às cerca de 55,6 mil ofertadas no segundo semestre do ano passado. Podem participar do Sisu os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 e não tiraram zero na redação.

Vagas remanescentes

Segundo a secretária executiva do Ministério da Educação (MEC), Maria Helena Guimarães de Castro, atualmente há mais de 1 milhão de vagas remanescentes de processos anteriores do Sisu. O ex-ministro da Educação Aloizio Mercadante havia anunciado a criação do Sisu das vagas remanescentes para ocupar pelo menos 150 mil vagas ociosas nas redes federal e estadual de ensino superior.

Perguntada se a pasta manterá a proposta, Maria Helena disse que a questão está sob análise. De acordo com a ministra, cerca de 110 mil dessas vagas foram ocupadas no remanejamento.

“O que faremos é analisar quais são as áreas em que é possível abrir o remanejamento de vagas. O Brasil é um dos mais atrasados do mundo em relação a remanejamento de vagas no ensino superior”, afirmou Maria Helena. “O ministro anterior abriu esse sistema apenas para a área de formação de professores. Pode ser que não seja suficiente para absorver as vagas existentes. O que vamos analisar é como podemos otimizar”, acrescentou.

Share Button

GARI E DONA DE CASA TÊM OITO FILHOS SERVIDORES PÚBLICOS

filhos

Por: Correio Braziliense- Foto: Arquivo familia

Ver um filho aprovado em concurso já é motivo de orgulho, mas Bartíria e Paulino Doxa superaram todas as expectativas e criaram nada menos do que oito servidores públicos. Tem filho do casal trabalhando no Ministério Público da União, Tribunal Regional Federal, Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios, além das secretarias de Fazenda, Educação e Saúde do DF. Só o caçula já acumula 10 nomeações. Para dar conta do feito e ainda assim manter a família sempre unida, Bartíria, que hoje tem 75 anos, conta que sempre priorizou os estudos dos filhos, apesar de ela mesma não ter tido a oportunidade de estudar.

Bartíria e o marido moravam em uma fazenda no interior de Goiás, onde se conheceram e lá tiveram os três primeiros filhos. À medida que as crianças cresciam, os pais viam a necessidade de mudar dali para assegurar um futuro melhor. “Vim para Planaltina com cerca de 28 anos, foi difícil. Mas sempre tive vontade de que meus filhos estudassem, porque isso eu não pude. Não tínhamos condições de colocá-los em colégio particular, mas sempre dávamos um jeito. Meu marido trabalhava fora, ganhava pouco, mas tinha salário todo mês. E eu cuidava dos filhos em casa e ajudava quando podia, costurando e lavando roupa para os outros”, recorda.

Apesar de ter prestado apenas um concurso na vida, para merendeira da Secretaria de Educação, e não conseguir passar, Bartíria não lamenta e afirma que o fato de ter sido sempre dona de casa fez com que ela fosse bastante presente na vida escolar dos filhos, fornecendo apoio necessário para que eles seguissem em frente. Paulino, por sua vez, iniciou a família na vida do funcionalismo. Após trabalhar na roça até os 36 anos, foi aprovado em um processo seletivo e se tornou gari no Serviço de Limpeza Urbana – SLU. Costuma dizer que tirou 10 na prova prática, que era capinar. Hoje está aposentado como operador de máquinas, após 35 anos de serviços prestados no mesmo órgão.

O incentivo aos estudos é confirmado pelos filhos. Mauro Doxa afirma que a influência dos pais foi decisiva. “Meu pai sempre disse que ‘o estudo muda a realidade social e a caneta era o maior patrimônio que poderia nos deixar’”. Segundo o caçula, que hoje é analista do MPU e já foi servidor do Superior Tribunal de Justiça, o fato de o irmão mais velho ter sido aprovado em primeiro lugar com apenas 19 anos, na Secretaria de Educação, também foi decisivo para o restante da família. “O mundo de quem estuda para concursos é bem corrido, lidamos com pessoas de todas as áreas e situações diversas, com aspectos financeiros e formações distintas. Uma das maiores dificuldades era conseguir dinheiro para estudar em cursinhos preparatórios e adquirir materiais de estudo de qualidade”, lembra.

Já Gervani, o primogênito, também credita a escolha pelo serviço público ao pai, “o que ele podia dar para nós era educação e foi o que ele fez”. Logo após sair do Ensino Médio, ele já tentou seu primeiro concurso na antiga Fundação Educacional e já está há 25 anos como secretário escolar. “Nossa família não tem muita vocação para comércio ou ter um negócio próprio, eu mesmo não sei fazer mais nada a não ser estudar, e o jeito foi seguir o caminho do serviço público”, afirma Gervani que sempre indica concursos para os irmãos e continua estudando para um dia passar na Câmara dos Deputados.

Mas se engana quem acha a relação com o funcionalismo público da família Doxa acabou na segunda geração, a tradição da família de servidores tem tudo para continuar. Segundo o filho do meio, Paulo, que já está em seu terceiro cargo como técnico administrativo do TJDFT, e pai de um bebê de quase dois anos, o neto de Bartíria e Paulino vai receber três presentes para poder escolher qual carreira seguir mais tarde na vida: um violão, uma bola de futebol e, claro, uma caneta.

Share Button

MAIS DE 62 MIL VAGAS DE TRABALHO FORAM FECHADAS EM ABRIL, DIZ CAGED

Por: Agência Brasil

O Brasil fechou 62.844 vagas de trabalho com carteira assinada em abril, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. O número é menor que o registrado em abril do ano passado, quando o país fechou 97.828 postos de trabalho.

No acumulado dos quatro primeiros meses deste ano, o país perdeu 378.481 empregos formais. Nos últimos 12 meses, já foram reduzidas 1.825.609 vagas formais. Os números levam em conta a diferença entre demissões e contratações. Quase todos os setores da economia demitiram mais do que contrataram. Os números levam em conta a diferença entre demissões e contratações. Quase todos os setores da economia demitiram mais do que contrataram.

Comércio lidera

O comércio foi o líder no fechamento de vagas em abril deste ano, com 30.507 demissões – seguido pela construção civil, que registrou 16.036 vagas fechadas. Na contramão das demissões, a agricultura foi o setor que mais registrou contratações, com 8.051 carteiras assinadas em abril, seguido pela administração pública, que contratou 2.255 pessoas.

Em apenas seis estados houve aumento do emprego formal em abril deste ano: Goiás (5.170), Minas Gerais (3.886); Distrito Federal (1.202); Mato Grosso do Sul (919); Espírito Santo (466) e Amapá (50).

Divulgado desde 1992, o Caged registra as contratações e as demissões em empregos com carteira assinada com base em declarações enviadas pelos empregadores ao Ministério do Trabalho.

Share Button

SANCIONADA LEI QUE OBRIGA FAROL BAIXO DURANTE O DIA EM RODOVIAS

luz

O presidente em exercício, Michel Temer, sancionou a lei que torna obrigatório o uso de farol baixo durante o dia nas rodovias. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (24) e entra em vigor daqui a 45 dias.

A lei 13.290, de 23 de maio de 2016, determina que o “condutor manterá acesos os faróis do veículo, utilizando luz baixa, durante a noite e durante o dia nos túneis providos de iluminação pública e nas rodovias”.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), neste intervalo de 45 dias até vigorar a medida, a corporação vai orientar os motoristas durante as abordagens e “em ações educativas”. A partir de julho, os veículos flagrados com o farol desligado durante o dia serão multados.

Em caso de descumprimento, o motorista será autuado por infração média, com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na carteira de habilitação. O projeto de lei havia sido aprovado pelo Senado em abril. Atualmente, só é exigido o uso de farol durante a noite e em túneis, independentemente do horário do dia. (De Agência/foto reprodução)

Share Button

SEMINÁRIO DE GESTÃO DA FIEPE TRARÁ RENATO SANTOS E DANIEL GODRI PARA ARARIPINA

fiepe

A Unidade Regional Sertão do Araripe da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco – FIEPE promoverá no dia 18 de agosto o I Seminário de Gestão do Araripe no auditório da FACIAGRA com a presença de dois dos maiores palestrantes do Brasil: Daniel Godri e Renato Santos. Os temas do Seminário foram apresentados nesta quarta-feira, 25, em um café da manhã para empresários na sede da FIEPE, em Araripina.

Os dois palestrantes são nacionalmente reconhecidos em suas áreas como grandes referências em liderança, motivação, empreendedorismo, tendências de mercado e alta performance profissional. Daniel Godri foi eleito pela revista Veja como o segundo melhor palestrante do Brasil. Ele é autor do livro “Conquistar e manter clientes” e também idealizador do Instituto Brasileiro de Marketing e Vendas. Godri também é um fenômeno da internet com vídeos motivacionais que possuem milhões de acessos e é referência para universitários e empresários.

O segundo palestrante do Seminário de Gestão do Araripe será Renato Santos, consultor do SEBRAE e coautor da atual versão do Empretec, conselheiro do apresentador Roberto Justus nas edições do programa de televisão “O Aprendiz”. Renato Santos é palestrante internacional e autor de livros sobre análise de mercado e empreendedorismo.

Todos os detalhes do Seminário foram apresentados para empresários em um café da manhã na sede da FIEPE em Araripina com a presença de representantes de diversos setores da economia regional. De acordo com Ceissa Campos Costa, diretora da Unidade Regional do Araripe, o Seminário de Gestão é uma oportunidade única para assistir dois grandes palestrantes internacionalmente reconhecidos.

“As palestras serão sobre inovação e tendências para o mercado atual e sobre alta performance: motivando a produtividade e a competência pessoal. Estes temas estão inseridos no dia a dia das empresas e das pessoas e fazem toda a diferença nos resultados dos negócios”, destacou Ceissa Costa.

As inscrições para o I Seminário de Gestão do Araripe estão abertas na unidade da FIEPE em Araripina. Maiores informações através dos telefones 38734620 e 9 91637788. As vagas são limitadas. Conheça mais sobre os palestrantes nos links www.godri.com.br/Home e www.renatosantos.com

Share Button

OPERAÇÃO TAPA-BURACOS CONTINUA EM VÁRIAS RUAS DE ARARIPINA

BURACO1

A operação “Tapa Buracos” da prefeitura de Araripina, através da secretária de infraestrutura, continua em ritmo acelerado por toda cidade. Várias equipes estão espalhadas em frentes de trabalho, recuperando não só o que foi danificado pelo inverno, como também buracos, que surgem diariamente com o próprio desgaste do pavimento.

BURACOS

Bairros periféricos, como o Alto da Boa Vista estão recebendo recuperação de logradouros. No centro da cidade nesta quarta-feira (25) as Ruas José Arnaud Campos, José Procópio Modesto, ao lado do bar de Taruga e próximo ao restaurante Portal da Cidade já estão sendo restauradas.

ACE-PMA- Foto: Fabiano Alencar

Share Button

PREFEITO ALEXANDRE ARRAES HOMENAGEIA O DIA DO TRABALHADOR RURAL

trabalhador

Hoje, 25 de maio, um dia muito importante para todos nós. Representa o Dia do Trabalhador Rural.

Esses guerreiros que mantém em nossos lares, a comida que vem do solo de nossa terra, com muito trabalho e luta todos os dias.

Quero parabenizar cada um de vocês meus amigos e amigas, que batalham por dias melhores e vencem nos momentos bons e nos momentos difíceis.

Que Deus abençoe a todos vocês.

 Um forte abraço.

Alexandre Arraes – Prefeito de Araripina

Share Button