SINDICATO COM ‘TENDÊNCIA POLÍTICA’, USA PROFESSORES COM SALÁRIOS EM DIA, PARA DORMIR NA RECEPÇÃO DA PREFEITURA DE ARARIPINA

greve

Por Roberto Gonçalves com parte da matéria do G1 Petrolina / Foto: César Araújo/Arquivo Pessoal

Os servidores municipais de Araripina, no Sertão pernambucano, iniciaram nesta quarta-feira (27) uma greve por tempo indeterminado. Eles tinham sinalizado a parada em assembleia do último dia 21 de julho reivindicando, entre outros pontos, o cumprimento do calendário de pagamento dos servidores, aposentados e do Fundeb 40, além do pagamento do reajuste dos professores retroativo aos meses de janeiro e fevereiro deste ano.

A categoria fez uma mobilização em frente à prefeitura na manhã desta quarta. De acordo com o Sindicato, o ato desta quarta-feira foi uma tentativa de mobilizar a Prefeitura de Araripina a lançar uma proposta que encerre a greve.

Políticos da oposição ao governo  municipal, aproveitam a situação para tirar proveito nas próximas eleições de Outubro. Na manhã desta quinta (28), a esposa de um pré-candidato a prefeito, esteve visitando os ‘ocupantes’, que ainda não anunciaram quando deixarão o prédio. Já uma das professoras que dormiu na prefeitura, chegou a dizer nesta quinta, que estava lá não por sua classe, mas pelos aposentados. Segundo informações, alguns professores aposentados também passaram a noite na prefeitura. O Arariprev está com 23 dias de atraso, com relação ao pagamentos do salário de junho.

De acordo com a Secretaria de Educação do município, ainda nesta quinta-feira (28), haverá mais uma reunião com os servidores para discutir a pauta de reivindicações.

Por todo País, existem vários estados e municípios, que devido a crise deixada pelos 13 anos do governo petista, estão com dois e até três meses de salários atrasados, outros, chegam a parcelar em até quatro meses o pagamento dos servidores.

Share Button

ARARIPINA É A 40ª CIDADE MAIS TRANSPARENTE DE PERNAMBUCO; OURICURI OCUPA A POSIÇÃO 153 E ENCONTRA-SE EM ESTADO CRÍTICO DE TRANSPARÊNCIA

araripina

Por Roberto Gonçalves / Foto: Reprodução

No site do TCE-PE encontra-se a relação de cidades mais transparentes do estado; entre os 181 municípios, Araripina está em 40º lugar, Ouricuri ocupa a posição 153 sendo considerada estado crítico pelo Tribunal de Contas, já o município de Moreilândia no Sertão de Pernambuco, ocupa a posição 8ª. Outras cidades merecem atenção da população como Terra Nova (133), Salgueiro (137), Serrita (139).

Infelizmente alguns municípios não se preocupam com a transparência dos recursos que entram e sai nas cidades. A transparência é a base de credibilidade, respeito e acesso aos investimentos que os gestores administram nas cidades de PE. Lamentavelmente alguns munícipes ainda não atendam às exigências do Tribunal de Contas do Estado.

A partir do levantamento das exigências legais, foram definidos 51 critérios de avaliação, os quais foram detalhados em um ou mais subcritérios, totalizando 149 subcritérios de avaliação. Para cada subcritério foi atribuído um grau de atendimento (sim, não ou parcialmente). Considerando os 184 municípios pernambucanos, durante todo o trabalho foram realizadas um total de 27.416

verificações.

Os critérios de avaliação foram organizados em dois grupos: Conteúdo e Requisitos Tecnológicos, compostos pelos seguintes subgrupos:

Conteúdo:

Transparência da Gestão Fiscal; Lei de Acesso à Informação.

Requisitos tecnológicos:

Do Sítio do Portal da Transparência; Sessão Receita; Sessão Despesa; Sessão Licitações; Sessão Contratados.

Os interessados poderão acessar o site do Tribunal de Contas do Estado: http://www.tce.pe.gov.br/indicedetransparencia/. Onde terão acesso as demais cidades e ranking.

Share Button

SESI/PE ORIENTA EMPRESAS E PESSOAS A PREVENIR ACIDENTES DE TRABALHO NO SERTÃO

Acidentes de trabalho atingem 700 mil pessoas no Brasil mas poderiam ser evitados com medidas simples

sesi

Dia 27 de julho é o Dia Nacional de Prevenção aos Acidentes de Trabalho. Uma data importante, porque no Brasil, mais de 700 mil pessoas sofrem acidentes de trabalho por ano e outras 15 mil pessoas são afastadas por causa de doenças desenvolvidas devido às atividades profissionais, de acordo com a pesquisa mais recente da Previdência do Trabalho, realizada em 2014, e divulgada neste ano. Isso gera um custo de mais de R$ 10 bilhões por ano com indenizações e tratamentos decorrentes de acidentes de trabalho ao INSS. No entanto, especialistas indicam que a maioria desses problemas poderiam ser facilmente resolvidos com a adoção de medidas simples, tanto por parte de empresas quanto de trabalhadores.

Com 70 anos de expertise em soluções de Segurança e Saúde no Trabalho (SST) e premiada seis anos consecutivos com o prêmio Marca Brasil, referência nacional na área, o Serviço Social da Indústria de Pernambuco (Sesi/PE) oferece orientações para empresas e trabalhadores de como evitar acidentes e proteger a saúde no Agreste. Apenas no segmento de SST, o Sesi disponibiliza 17 cursos gratuitos online  para trabalhadores e demais pessoas interessadas em proteção à saúde e acidentes de trabalho. As inscrições podem ser realizadas diretamente no site www.pe.sesi.org.br.

Outro investimento do Sesi para evitar acidentes de trabalho é a oferta da Educação de Jovens de Adultos (EJA), o antigo supletivo, com preços subsidiados, cujas inscrições seguem até sexta-feira (29), no Sesi Petrolina. Isso porque o trabalhador com menos de 10 anos de estudo sofre mais acidentes, de acordo com pesquisa conjunta do Ministério do Trabalho e da Previdência Social.

Já para as empresas, a instituição pretende realizar 34 mil atendimentos até o final do ano em Segurança e Saúde no Trabalho (SST), esclarecendo sobre as medidas necessárias para cumprir a legislação em busca de proteger a saúde do trabalhador e tornar o ambiente de trabalho seguro, e evitar multas e outros prejuízos (aumento de custos com trabalhadores afastados, absenteísmo, etc). As Unidades de Araripina, Petrolina e em Trindade oferecem os programas: Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO), de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), de Prevenção de Perda Auditiva (PPA) e Proteção Respiratória (PPR), medicina ocupacional, consultorias e laudos técnicos.

“Com essa iniciativa pretendemos evitar conflitos desnecessários entre empresas e trabalhadores e reduzir os custos para a sociedade como um todo, já que quanto mais ocorrem os acidentes de trabalho, mais impostos são repassados para a população, obrigada a arcar com os custos dos benefícios previdenciários”, afirma o superintendente do Sesi/PE, Nilo Simões. Pesquisa do Sesi mostra que cada R$ 1,00 investido em prevenção de acidentes, empresas têm um retorno de R$ 4,00 (que deixam de ser gastos em faltas e recuperação do trabalhador).

Mais informações pelos telefones (87) 3873-1087 (Araripina) e (87) 3861-1369 (Petrolina), pelo e-mail relacionamento@pe.sesi.org.br ou pelo WhatsApp (81) 9.8829.3330.

Share Button

APAMI DISPONIBILIZA ATENDIMENTO PARA EXAME TOXICOLÓGICO

apami

A Apami já disponibiliza coleta de material para realização de exames toxicológicos de larga escala nas habilitações e renovações da Carteira Nacional de Habilitação, categorias C, D e E. O procedimento é feito exclusivamente no Posto de Coleta na Apami Central, localizada na Rua Pacífico da Luz em Petrolina.

O motorista precisa comparecer à Central para se cadastrar, gerar o boleto de pagamento e realizar a coleta que é feita de segunda à sexta. No ato da coleta, o motorista deve portar um documento de identificação com foto, além do CPF e CNH. “Nós não realizamos o exame, apenas coletamos e enviamos para a Psychemedics com quem fizemos uma parceria. É uma coleta simples, rápida, que utiliza cabelo ou pêlos da pessoa e o resultado sai em torno de 15 dias após o material dar entrada na Psychemedics”, explicou a biomédica responsável pelo laboratório Dr. Izaias, Ana Paloma de Souza.

A realização dos exames toxicológicos passou a ser obrigatório em território nacional a partir da publicação da Lei 13.103 de 2015 que se soma aos demais exames médicos e mentais obrigatórios para a habilitação e renovação das CNHs categorias C, D e E.

Ascom Apami

Share Button

ARARIPINA NA EXPECTATIVA PARA SABER QUEM O EX-PREFEITO LULA SAMPAIO VAI APOIAR

lula

Com a desistência do vice-prefeito Valmir Filho de disputar as eleições para o Poder Executivo, a grande pergunta das rodas de conversas políticas e dos bastidores é justamente qual caminho o ex-prefeito Lula Sampaio seguirá.

Desafeto declarado do ex-deputado Raimundo Pimentel, dificilmente Sampaio migrará para o palanque do pré-candidato do PSL. Ele, inclusive, já disse isso em várias ocasiões. Ficam como opções os pré-candidatos Tião do Gesso (SDD) e Aluízio Coelho (PP).

A principal aposta é que Lula Sampaio deve mesmo se integrar ao palanque de Tião do Gesso. Muitos analistas políticos entendem que Sampaio sempre pautou a sua trajetória política nas bases populares, sobretudo na zona rural do município e com isso carrega uma maior identidade com Tião do Gesso que também tem origem na classe popular. Por terem o mesmo perfil político, as apostas é que Sampaio deverá seguir o palanque do pré-candidato do Solidariedade.

Contudo, existe outro grupo de observadores que também opinam num apoio de Sampaio ao pré-candidato Aluizio Coelho. Apontam como fator positivo pra isso acontecer a boa relação política e de amizade que Sampaio tem com o ex-prefeito e ex-deputado Valdeir Batista, o principal fiador de Aluizio. São apenas especulações. O blog tentou contato com o ex-prefeito para falar sobre o assunto, mais não obteve êxito. O certo é que Sampaio ainda detém uma grande força política no município e o seu apoio é disputado pelos pré-candidatos.

Share Button

PF INDICIA PAULO BERNARDO POR ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA E CORRUPÇÃO

paulo

Estadão Conteúdo – A Polícia Federal indiciou criminalmente o ex-ministro Paulo Bernardo (Planejamento/Governo Lula) na Operação Custo Brasil – investigação sobre suposto desvio de R$ 100 milhões de empréstimos consignados no âmbito do Planejamento, entre 2010 e 2015. A PF enquadrou Paulo Bernardo por integrar organização criminosa e corrupção passiva.

O inquérito da Custo Brasil foi relatado pela PF na sexta-feira (22) e enviado à Justiça Federal. Agora, o Ministério Público Federal vai analisar o inquérito para denunciar ou não o ex-ministro e outros envolvidos na Custo Brasil, entre eles o ex-tesoureiro do PT, Paulo Ferreira.

Paulo Bernardo foi preso na Operação Custo Brasil no dia 23 de junho, sob suspeita de recebimento de propinas de R$ 7,1 milhões do esquema Consist, empresa de software contratada em sua gestão em 2010 para administrar contratos de consignados com entidades de bancos e previdência – Associação Brasileira de Bancos Comerciais e para o Sindicato das Entidades de Previdência Privada. A Consist teria cobrado uma taxa em valor quatro vezes superior ao de mercado.

A Custo Brasil é um desdobramento da Pixuleco II que, em agosto de 2015, descobriu o esquema dos consignados. Um dos alvos da Pixuleco II, o advogado Alexandre Romano, o Chambinho, fez delação premiada e revelou os bastidores do caso Consist. Valores obtidos ilicitamente teriam abastecido a campanha de Gleisi Hoffmann (PT/PR), mulher de Paulo Bernardo, ao Senado em 2010.

A Custo Brasil prendeu também o advogado Guilherme Gonçalves, de Curitiba, que teria realizado repasses do esquema Consist para o ex-ministro e para bancar despesas eleitorais de Gleisi. Gonçalves nega elo com o esquema.

Seis dias depois de sua prisão – decretada pelo juiz Paulo Bueno de Azevedo, da 6.ª Vara Criminal Federal em São Paulo -, o ex-ministro de Lula e também de Dilma (Comunicações) foi solto por ordem do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal

Na semana passada, Paulo Bernardo foi ouvido na PF e negou ter recebido propinas do esquema dos consignados. Ele afirma que não existe contrato da Consist com o Ministério que dirigiu. “O Ministério do Planejamento nunca contratou a Consist.”

DEFESA – Em nota, a advogada Verônica Abdalla Sterman afirmou: “O ex-ministro Paulo Bernardo reitera que não participou ou teve qualquer ingerência na celebração ou manutenção do acordo de cooperação técnica celebrado autonomamente entre a Secretaria de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e as associações de Bancos e Previdência (ABBC e SINAPP). Também reitera que não recebeu qualquer quantia da Consist, direta ou indiretamente.”

Share Button

MAIORIA DOS BRASILEIROS QUER NOVA ELEIÇÃO PRESIDENCIAL, MOSTRA PESQUISA IPSOS

dilma

Agência Brasil – Mais da metade da população brasileira acredita que o melhor para o país é a realização de uma nova eleição presidencial ainda este ano, com a saída de cena da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) e do presidente interino, Michel Temer (PMDB), de acordo com pesquisa do instituto Ipsos divulgada nesta terça-feira (26).

O instituto perguntou a 1,2 mil entrevistados “O que é melhor para o Brasil?”, com quatro opções de resposta: permanência de Temer até 2018; retorno de Dilma até 2018; permanência de Temer com convocação de nova eleição este ano; e retorno de Dilma com convocação de nova eleição este ano.

A maior parte dos entrevistados, 38%, respondeu que o melhor cenário seria que Temer permanecesse no cargo somente até a realização de uma nova eleição este ano. Outros 14% optaram pelo retorno de Dilma até o novo pleito. Somadas as duas respostas, o levantamento mostra que a maioria, 52%, é a favor da convocação de novas eleições, independentemente do desfecho do processo de impeachment.

A opção menos escolhida, com 14%, foi a permanência de Temer até 2018. Em relação a Dilma, 20% dos entrevistados responderam que o melhor para o país seria que a petista cumprisse seu mandato até o final, em 2018.

Conforme as regras determinadas pela Constituição, uma nova eleição presidencial está prevista somente para 2018. A antecipação do pleito é permitida somente no caso de renúncia simultânea de Dilma e Temer. Também há a possibilidade de que uma proposta de emenda à Constituição (PEC) seja aprovada pelo Congresso para autorizar uma nova eleição. No entanto, ambos cenários são considerados improváveis.

A pergunta sobre o cenário político foi inserida em um estudo mensal mais amplo sobre o Brasil chamado Pulso, realizado mensalmente desde 2005 pela Ipsos, instituto presente em outros 86 países.

Segundo a pesquisa, o apoio popular ao processo de impeachment caiu. Em julho, 48% dos entrevistados disse apoiar o impedimento definitivo da presidenta afastada, contra 54% em junho. Entre os que disseram não apoiar o processo de impeachment, o porcentual subiu de 28% para 34% em julho ante o mês anterior.

GOVERNO INTERINO – O levantamento também mostra aumento da avaliação negativa do governo Temer. Em julho, 48% dos entrevistados avaliaram a gestão do peemedebista como ruim ou péssima, ante 43% que deram as mesmas respostas em junho. Os que consideram o governo interino regular se mantiveram em 29%. E 7% consideram o governo Temer “ótimo ou bom”, segundo a pesquisa de julho.

Na avaliação pessoal, os porcentuais de Temer ficaram estáveis entre junho e julho, com 70% de desaprovação e 19% de desaprovação. A aprovação de Dilma, por outro lado, cresceu cinco pontos percentuais em julho ante junho, com 25%. A reprovação da petista ficou em 71% em julho.

Share Button

MAIS DE 6,5 MILHÕES DE ELEITORES IRÃO ÀS URNAS EM PERNAMBUCO

urnas

Por Daniele Monteiro do portal FolhaPE

Mais eleitores irão às urnas em Pernambuco, este ano. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o número de pessoas que estão aptas para as eleições 2016 teve um aumento de 2,4% em relação ao pleito de 2014 e chega a 6,5 milhões. No Brasil, o número também é maior, são mais de 144 milhões de eleitores habilitados para a votação.

No Estado, segundo os dados estatísticos divulgados nesta segunda-feira (25), dos 184 municípios, 73 contarão com identificação biométrica, o que abrange 3,7 milhões de eleitores cadastrados.

Recife é a cidade que tem a maior quantidade de eleitores. Ao todo, são 1.119.271. Já Ingazeira, no Sertão de Pernambuco, é o município com menor número de eleitores, são 3.714.

O eleitor pernambucano é ainda majoritariamente feminino (53%), que está entre a faixa etária de 25 a 39 anos (33,78%) e que possui o ensino fundamental incompleto (27,38%), seguido do eleitorado com ensino médio completo (19,01%). Eleitores que possuem ensino superior completo somam 6,61%.

Share Button

VALMIR LACERDA FILHO DESISTE DE PRÉ-CANDIDATURA A PREFEITO DE ARARIPINA

valmir filho

Confirmando as especulações que existiam nos bastidores da política o médico e vice-prefeito Valmir Lacerda Filho anunciou na tarde desta segunda-feira, 25, a desistência de sua pré-candidatura a prefeito de Araripina pelo PMDB. O médico havia, inclusive, gravado um áudio contestando as especulações e reafirmando a sua condição de pré-candidato. Esteve em Recife conversando com os caciques e de lá veio com a decisão de não mais ser candidato.

Durante o dia os bastidores davam como certa a desistência de Valmir Filho, que democraticamente reuniu o seu grupo político que é formado por 20 pré-candidatos a vereador e 5 vereadores, além de lideranças políticas e empresariais. Coube ao assessor Airton Lage transmitir a informação da desistência de Valmir Filho. Em vários grupos de watsapp ele deixou um áudio confirmando a desistência de Valmir.

No mesmo áudio, Airton Lage disse que o grupo teria uma definição política até amanhã a respeito de qual caminho irá trilhar nas eleições municipais. Deve anunciar qual pré-candidato a prefeito terá o apoio do grupo.

Share Button

PRAZO-LIMITE PARA CIRCULAR COM O CRLV 2015, TERMINAÇÃO – 5,6 E 7

detran

O Diretor Presidente do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, Charles Ribeiro, lembra que o prazo limite para circular com o Certificado de Registro e Licenciamento Veicular – CRLV, de 2015 está se aproximando. Segundo ele, os condutores de veículos com placa terminada em 5,6 e 7 terão até o dia 29/07/2016 para circular com o documento de 2015. Já os de terminações 8,9 e 0 é 30 de agosto.

Enquanto o CRLV 2015 estiver no prazo de validade, os condutores podem circular portando-o, sem necessidade de apresentar comprovante da quitação dos débitos conforme Resolução 205/2006 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

O proprietário precisa ficar atento, pois o CRLV 2016 só é emitido depois que é quitado todas as taxas que compõem o Licenciamento 2016. São elas: Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), taxas (bombeiros, licenciamento), possíveis multas de transito vencidas e seguro obrigatório (DPVAT).

 A entrega do CRLV será feita de duas formas: Via Correios, para quem optou por pagar a taxa de postagem de documentos, no valor de R$ 15,77. E, para quem optou por NÃO pagar a taxa de postagem de documentos, precisará, depois de quitar as demais taxas que compõem o Licenciamento, agendar atendimento para emissão do CRLV no site www.detran.pe.gov.br, onde escolhe o lugar para receber oCRLV 2016.

É possível ao cidadão que optou por pagar a taxa de postagem, rastrear o envio do CRLV2016, depois de sua devida emissão, por meio do site do DETRAN. Para isso, digite a placa do veículo na seção “Consultar Placa”, localizada na parte superior esquerda da página principal do site. Depois disso, o cidadão clica no botão “Detalhamento de débito” e lá na opção de rastreamento do CRLV. Só o proprietário registrado ou seu procurador legal estão habilitados a receber o CRLV do veículo.

IMPORTANTE:

  • Quem agendar a emissão do CRLV no site do DETRAN, não receberá o CRLV em casa.
  • Não é possível pegar o CRLV no DETRAN, sem agendar a emissão do CRLV.
  • Quem pagar a taxa de postagem, não deve agendar a emissão do CRLV no site do DETRAN-PE.
  • Os proprietários dos veículos registrados em outros municípios, QUE NÃO SEJAM os de Recife, Olinda, Jaboatão, Paulista, Abreu e Lima, Cabo de Santo Agostinho, Caruaru, Petrolina, Vitória de Santo Antão, deverão solicitar mediante agendamento o CRLV 2016 nas CIRETRAN’s Especiais e demais pontos de atendimentos. Isso pode ser feito a partir de 5 dias, contados após a quitação dos débitos que compõem o Licenciamento.
  • ATENÇÂO proprietário que pagou todos os débitos do veículo e optou por pagar a taxa de postagem e receber o CRLV 2016 em sua residência.
Terminações Prazo limite para circular com CRLV 2015
5, 6 e 7 até 29/07/2016
8, 9 e 0 até 30/08/2016
   

ATENÇÃO

Quem circular com o CRLV 2015 fora do prazo estabelecido acima estará sob pena de ter o veículo retido e removido para o depósito do Órgão de trânsito até a apresentação do CRLV 2016, e pagamento de multa no valor de R$ 191,54 (conforme previsto no artigo 230, Inciso V do CTB), além das taxas para a liberação. O condutor acumulará sete pontos na carteira.

Share Button

‘SE HOUVE CAIXA 2, NÃO FOI COM MEU CONHECIMENTO’, AFIRMA DILMA EM ENTREVISTA

dilma

Por: AE

A presidente afastada da República, Dilma Rousseff, afirmou em entrevista à Rádio Jornal, de Pernambuco, que não autorizou pagamento de caixa 2 a ninguém durante sua campanha. “Na minha campanha eu procurei sempre pagar valor que achava que devia. Se houve pagamento (de caixa 2), não foi com meu conhecimento”, comentou Dilma na manhã desta sexta-feira.

O publicitário João Santana e sua mulher e sócia, Mônica Moura, alegaram nesta quinta-feira que US$ 4,5 milhões recebidos em uma conta na Suíça tiveram como origem caixa 2 da campanha de Dilma em 2010. O casal foi interrogado em Curitiba pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância.

Dilma afirmou ainda que continua lutando para retornar ao poder e ressaltou que o processo de impeachment só será finalizado com a votação no Senado, prevista para o fim de agosto. “Na abertura do processo, 22 senadores votaram contra o impeachment. Portanto só faltam seis ou sete senadores para garantir que o impeachment não passa. E eu tenho conversado bastante com os senadores”, comentou.

Em entrevista à rádio Pampa, Dilma havia dito que há grande chance de reverter o impeachment, porque os senadores “têm um nível de responsabilidade muito forte”. Nesse sentido, a presidente afastada negou que já esteja fazendo sua mudança do Palácio do Alvorada para Porto Alegre, onde vive sua família. “O que eu tenho está no Palácio da Alvorada, pouca coisa está em Porto Alegre. Espero levar as minhas coisas para lá em janeiro de 2019, e assim como o Lula, eu vou ter alguns tantos contêineres”, afirmou.

Dilma negou a possibilidade de manter a atual equipe econômica caso volte à Presidência, mas elogiou o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. “Não vejo nenhum defeito na pessoa do Henrique Meirelles, ele é capaz e competente”, disse.

Ela também comentou sobre a saída de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara. “A Câmara sofreu uma melhoria. Querendo ou não, não é mais o nosso infeliz Eduardo Cunha”. Dilma disse que, mesmo não tendo nenhuma especial aproximação com o DEM, espera que o novo presidente da Casa, Rodrigo Maia, “tenha uma atuação absolutamente republicana”.

Dilma ainda rebateu a afirmação de Lula, feita durante visita do ex-presidente a Pernambuco, de que ela errou a propor medidas de ajuste fiscal, que fizeram o governo perder o apoio de classes trabalhadoras.

“Ninguém se conformou de Dilma ter dito durante a campanha que não ia mexer no bolso do trabalhador e depois ela ter colocado em prática um programa que era do adversário. Ela já tinha feito reuniões com os sindicatos, mas foi anunciado um pacote que jogou os sindicalistas contra ela”, comentou Lula na ocasião.

A presidente afastada contra-argumentou. “Não acredito que mexi no bolso do trabalhador. O que nós corrigimos no seguro-desemprego e nas pensões, e principalmente no seguro-defeso, foram coisas que estavam incorretas, pagando pessoas que não eram pescadores, por erro de cadastro. Eu mexi em distorções da lei”, afirmou.

Em relação ao recente aumento concedido aos servidores públicos, Dilma disse que não tem nada contra o reajuste, mas que acha o momento complicado para esse tipo de medida. “Os servidores são merecedores, mas não acho que, diante da situação difícil do País, se devesse dar aumento para aqueles que ganham mais. Seria melhor manter a faixa 1 do Minha Casa Minha Vida”, avaliou.

Na entrevista à rádio Pampa, Dilma disse que ficou indignada com a suposta distorção promovida em pesquisa do instituto Datafolha. “De repente consideraram que não era relevante saber o que a população brasileira queria em relação a eleições. Fico indignada diante dessa distorção. Como que não é importante saber o que a população acha?”, questionou.

O centro do imbróglio é uma pergunta sobre a permanência de Michel Temer ou a volta de Dilma. “Na sua opinião, o que seria melhor para o País: que Dilma voltasse à Presidência ou que Michel Temer continuasse no mandato até 2018?” foi a questão feita aos entrevistados. Para 50%, Temer deve ficar, enquanto 32% responderam que Dilma deve reassumir e 3% disseram que preferiam nova eleição, mesmo que essa alternativa não tenha sido apresentada na questão.

Em outra pergunta, quando questionados explicitamente sobre a possibilidade de um novo pleito, 62% se disseram favoráveis. Essa questão, no entanto, não foi divulgada na matéria publicada inicialmente pela Folha de S.Paulo.

 

Share Button

PEC PROPÕE REDUZIR NÚMERO DE DEPUTADOS FEDERAIS

camara-dos-deputados_0

Uma proposta em tramitação no Senado Federal pode reduzir os gastos com os deputados federais, bastante criticados pela sociedade, em R$ 218,5 milhões por ano. Trata-se de uma proposta de emenda à Constituição que diminui os números mínimo e máximo de vagas por estado na Casa, passando o total de cadeiras de 513 para 405. Atualmente, segundo dados do Congresso em Foco, os deputados custam cerca de R$ 1 bilhão ao ano.

Cada deputado custa até R$ 168.662,44 por mês ao contribuinte. Eles têm direito ao salário de R$ 33.763,00, auxílio-moradia de R$ 4.253 ou apartamento funcional, verba de R$ 92 mil para contratação de funcionários e um cotão que varia de R$ 30.416,80 a R$ 45.240,67 dependendo do estado. Ainda entre os benefícios, eles contam com a verba do paletó e o ressarcimento de gastos com médicos.

A PEC apresentada pelo senador Álvaro Dias (PV-PR) reduz o número mínimo de cadeiras por estado de oito para quatro e o máximo de 70 para 50. Caso seja aprovada, as bancadas de Minas e São Paulo, que têm respectivamente 53 e 70 representantes seriam afetadas. Segundo a justificativa do parlamentar, não basta reduzir o número total de cadeiras, o que seria feito por lei complementar, pois há uma desproporcionalidade na representação.

Na forma atual, segundo Dias, São Paulo, com 44,7 milhões de habitantes tem hoje um deputado por 628 mil pessoas enquanto Roraima, com população de 515 mil habitantes, tem um parlamentar para cada 64 mil. “A sobre-representação não é exclusiva do estado de Roraima, atingindo também, de forma intensa, as representações dos Estados do Amapá, Acre, Tocantins e Rondônia, cujas bancadas atingem mais do que o dobro da proporcionalidade populacional”, registra. “Para, a um só tempo, diminuir o número total de Deputados e diminuir a desigualdade das representações é que estamos apresentando esta Proposta de Emenda à Constituição”, alega Álvaro Dias. A PEC aguarda análise na Comissão de Constituição e Justiça do Senado e, para virar lei, precisa ser aprovada em dois turnos pelas duas casas Legislativas. (Fonte: Correio Brasiliense/foto reprodução)

Share Button

ESTRADAS E LADEIRAS SÃO RECUPERADAS NA ZONA RURAL DE ARARIPINA

estrada1

As estradas vicinais e as ladeiras localizadas na zona rural de Araripina estão sendo recuperadas num importante programa criado pela prefeitura municipal, com o objetivo de melhorar a mobilidade e sobretudo favorecer aos moradores e agricultores na hora de escoar as suas produções.

estrada2

Dessa vez a patrulha mecanizada esteve recuperando as estradas da Feira Nova e Sítio Samambaia, além das ladeiras de Modesto e doutor Pedro Batista. Esse trabalho tem sido intensificado pela prefeitura com o objetivo de deixar todas as estradas e ladeiras da zona rural prontas e recuperadas para a chegada do inverno.

ACE-PMA/Fotos: Fabiano Alencar

Share Button

TRABALHO DE HUMANIZAÇÃO CONTRIBUI PARA TRATAMENTO CONTRA O CÂNCER

apami

Sob a perspectiva da Política Pública de Saúde, a humanização consiste em atender melhor aos usuários do sistema de saúde, envolvendo diversos aspectos. Para isso, o Centro de Oncologia da Apami busca atender aos pacientes de maneira individualizada prezando pelo cuidado e atenção.

“Humanizar a saúde consiste no respeito à unicidade/singularidade de cada pessoa, personalizando a assistência. Esta perspectiva valoriza a afirmação da subjetividade do usuário, o acolhimento às suas demandas, bem como a contextualização das práticas em saúde”, explica a psicóloga Gabriela Caterine.

O trabalho em Humanização do Ceonco é pautado nas atividades desenvolvidas, obedecendo calendário anual elaborado pelo Grupo de Trabalho em Humanização (GTH), composto por equipe multidisciplinar que atua no intuito de garantir o atendimento humanizado.

“O trabalho humanizado garante mais qualidade de vida, melhor adesão ao tratamento, enfrentamento aos tratamentos e procedimentos, vínculo com equipe de saúde,além de possibilitar que o paciente oncológico tenha suas demandas atendidas em sua integralidade, garantindo a saúde em todos os seus aspectos (biopsicossocial)”, acrescentou a psicóloga.

Ascom Apami

Share Button

JOÃO PAULO OFICIALIZA CANDIDATURA À PREFEITURA DO RECIFE

joão paulo

Blog Folhape/ (Foto: Flávio Japa/Folha de Pernambuco)

Pontualmente, às 19h03, o pré-candidato à Prefeitura do Recife pelo PT, João Paulo, deu início ao seu discurso na convenção que oficializa a chapa encabeçada por ele, nesta quinta-feira (21), na Câmara de Vereadores.

Antes de começar a falar, com todos de olho no relógio, João Paulo aguardava entre respirações e risadas, mas sem dizer uma palavra. Enquanto isso, os presentes gritavam “Ê, é João Paulo”.

O discurso foi disponibilizado aos jornalistas antes da fala do petista. No texto, relembra a crise política que ocorre no País, com o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), cita os feitos dos governos do PT, e critica o governo do presidente interino, Michel Temer (PMDB).

“É importante compreender que, na esteira do golpe, várias conquistas históricas do povo brasileiro serão aniquiladas. Algumas já foram diretamente afetadas, como os programas Minha Casa, Minha Vida. Não aceitamos nenhum direito a menos e por isso lutamos contra o golpismo. Queremos aprofundar a democracia no Brasil e não queremos deixar para trás os avanços conseguidos nos governos de Lula e de Dilma”, diz o texto.

Ao falar de sua candidatura, João Paulo também criticou o atual prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB). “Recife tem hoje uma população descuidada, desatendida, desassistida. O descaso exclui e prende as pessoas ao abandono e à falta de participação nas decisões sobre a cidade”.

Além do discurso inicial já previsto, João Paulo também usou do improviso durante sua fala. Na ocasião, afirmou que “tem o peso da responsabilidade sobre suas costas” e que “esta será a eleição mais difícil da história da disputa política”.

“Primeiro, pelo momento que o nosso partido vive, de um ataque sistemático e de uma postura de um parlamento conservador, atrasado que implementou ou está tentando implementar um golpe. E que apesar da nossa resistência, ela não tem sido suficiente, até agora, para deter esse golpe. E nós sabemos, efetivamente, o que é que tem por trás desse golpe, uma pauta extremamente conservadora e que está embutida para formar um deus de mundo voltado para 30% da população”, disparou.

Com informações de Márcio Didier, editor do Blog
e Marcelo Montanini, da Folha de Pernambuco.

Share Button