CRISTOVAN BUARQUE E ROBERTO FREIRE ENALTECEM “NOVIDADE” DE CAMPOS E MARINA

Eduardo e Marina posam para fotos nos bastidores do lançamento da pré-candidatura em Brasília. Foto: Reprodução/Twitter/MarinaSilva

Eduardo e Marina posam para fotos nos bastidores do lançamento da pré-candidatura em Brasília. Foto: Reprodução/Twitter/MarinaSilva

A “necessidade” de alternância de poderes na política e o “cuidado para não se ater ao passado”, deram o tom dos discursos do senador Cristovan Buarque (PDT-DF)  e do presidente nacional do PPS, deputado federal Roberto Freire, durante o lançamento da pré-candidatura de Eduardo Campos à Presidência da República. O evento ocorreu na tarde desta segunda-feira (14) no Hotel  Nacional, em Brasília.

“Não se faz democracia sem alternância, mas também não se faz alternância para trás. Eduardo e Marina são a alternância para a frente”, enalteceu Buarque. Em seguida, Freire declarou que a escolha da ex-senadora Marina Silva para pré-candidata a vice na chapa não ocorre para garantir tempo de TV. “Ela traz algo difícil de encontrar. Ela qualifica a chapa e isso é muito bom”, completou. Freire disse ainda que o motivo do PPS ter feito aliança com o PSB foi por enxergar neles “a esperança”.

A palavra esperança também foi usada pelo governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB). “O país precisa de um novo ciclo. Chega de olhar uma disputa entre o presente o passado. Eduardo e Marina representam o futuro”. Ele citou, ainda, o fato de Campos ser neto do ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes e, em seguida, os presentes brandaram “Arraes, guerreiro, do povo brasileiro”.

Com informações das repórteres Ana Luiza Machado e Aline Moura, do Diario de Pernambuco

PRESIDENCIÁVEL DIZ QUE VAI COLOCAR NA OPOSIÇÃO O VELHO PATRIMONIALISMO

aaliança3O discurso de oficialização da candidatura presidencial do ex-governador Eduardo Campos (PSB) foi, em sua maior parte, uma grande lista de problemas que seriam verificados no governo comandado pela presidente Dilma Rousseff (PT). No entanto, o socialista fez questão de frisar que a sua provável eleição será benéfica para quem for para a oposição, uma vez que a obrigaria a reciclar a sua forma de atuação que, segundo o socialista, está marcada pelo “velho patrimonialismo”.

“É preciso dizer que esta opção (por ele e por Marina Silva) é a opção que vai colocar na oposição o velho patrimonialismo e a velha política. Vamos fazer muito bem aos que vão perder, porque vão sair do cerco em que se meteram”, cravou.

O ex-governador de Pernambuco ressaltou que parte da mudança que ele propõe já foi feita nas ruas, quando a população deixou suas casas e foi protestar contra o que há de errado no País.

“A outra fará nas urnas, em outubro. Um dia vão contar a história desse nosso encontro. Vamos unir o Brasil e muda-lo para melhor”, bradou.

PROGRAMA

Eduardo Campos afirmou que o programa de Governo do PSB/Rede está recheado de ideias inovadores que contribuirão para que o País consiga enfrentar seus problemas.

PROPORCIONAIS

Durante a sua fala, Eduardo também frisou a importância de ajudar a eleger bons representantes para o Congresso Nacional. Campos ressaltou o Brasil precisa de quadros qualificados na Câmara Federal e no Senado que compreendam a importância da promoção da mudança.

Com informações de Diogo Monteiro, direto de Brasília/Blog Folha.

EDUARDO CAMPOS DIZ QUE APRENDEU A NUNCA DESISTIR

Presidenciável citou também processo de evolução do País (Foto: Diogo Monteiro/Folha)

Presidenciável citou também processo de evolução do País (Foto: Diogo Monteiro/Folha)

Convocado ao palco pela sua candidata a vice Marina Silva (PSB), o presidenciável Eduardo Campos (PSB) tomou a palavra no evento de oficialização de seu projeto destacando que nunca aprendeu a desistir da caminha e que não quer se queixar dos desafios. O ex-governador ressalta, no momento em que passa em revista toda a sua vida, lembra de que nasceu em uma família  de perseguidos políticos e que era discriminado por ideias que ele nem conhecia. E, por conta dessa carga, conseguiu compreender a importância da política.

“Entrei nela pela porta da frente. Compreendi a força do povo. Entendi que as pessoas podem ser convencidas por processos bonitos, como foi o das Diretas”, recortou Eduardo Campos.

Na sequência, o presidenciável frisou que o conjunto de transformações vivenciadas pelo País se deu conquista após conquista, atrelada por um processo de continuo de renovação.

“A renovação política levou à estabilidade econômica (Governo FHC). Outra renovação levou à inclusão social (Governo Lula)”, frisou.

E, como esperado, destacou que esse processo esbarrou na gestão comandada pela presidente Dilma Rousseff (PT). “Mas esse processo foi estancando em 2010. Não se discutiu o Brasil. Era tudo ou nada.

Com informações de Diogo Monteiro, direto de Brasília/Blog Folha.  

MARINA DIZ QUE O 5º PARTIDO DA ALIANÇA É O POVO BRASILEIRO

Ex-senadora abraça candidato a presidente, Eduardo Campos (Foto: Diogo Monteiro/Folha)

Ex-senadora abraça candidato a presidente, Eduardo Campos (Foto: Diogo Monteiro/Folha)

Ao iniciar a sua fala no evento de lançamento da postulação presidencial do PSB, a ex-senadora Marina Silva afirmou que revelaria o quinto partido a desembarcar na aliança (PSB/Rede/PPS/PPL). Após contar parte de sua trajetória, defender o conceito de aliança programática e, claro, criticar o governo da presidente Dilma Rousseff (PT), a ex-verde revelou a “legenda”: “o povo brasileiro”.

“Se eles ganharem, a vitória será dos partidos poderosos. Se nós ganharmos, a vitória será do povo brasileiro”, disparou Marina Silva.

A aliança PSB/Rede tem encontrado dificuldade no reforço de sua base partidária para o pleito presidencial. Apenas PPS e PPL acabaram oficializando seus ingressos no grupo. Havia a expectativa de que o PDT pudesse se junto ao bloco, no entanto, a legenda já fechou apoio à reeleição da presidente Dilma Rousseff.

Com informações de Diogo Monteiro, direto de Brasília/Blog Folha.

PREFEITURA DE ARARIPINA CAPACITA ORIENTADORES DE TRÂNSITO

aorientadorCom o tema “Orientadores de Trânsito juntos com a ATTA” – Autarquia de Trânsito e Transportes de Araripina, a Prefeitura vem investindo em qualidade e técnica, favorecendo mecanismos importantes que garantam as condições necessárias tanto para os orientadores, quanto para os condutores de veículos e pedestres.

No último sábado (12) foram ministrados temas para capacitar os orientadores de trânsito de Araripina, através de instrutores do SEST/SENAT, além deles toda equipe da ATTA também participou do curso.

aorientador1De acordo com o presidente da entidade, Sebastião Arraes, um trabalho sério vem sendo realizado com dedicação pela Prefeitura de Araripina, na pessoa do prefeito Alexandre Arraes e equipe da Autarquia, bem como dos parceiros a exemplo do DETRAN.

A cidade já ganhou um novo aspecto físico, promovendo segurança com alterações importantes de sentido, além das faixas de pedestres, mudança nos semáforos com lentes de led, estacionamentos adequados, lombadas, e ainda o projeto das construções de 06 passagens elevadas para a redução de velocidade e respeito ao pedestre, lembrando também que o município dispõe de uma equipe com dezoito orientadores e mais três supervisores que acompanham diariamente o trânsito em Araripina”, lembrou o presidente da Autarquia, Sebastião Arraes.

Para o orientador, Rivonaldo Lima Araújo esta é mais uma oportunidadeação de investimentos que a prefeitura de Araripina dispõe. “O excelente trabalho e o incentivo que recebemos do governo municipal, do nosso prefeito, se evidencia em carinho e amor pelo cidadão. Amo o meu trabalho e poder contribuir é uma satisfação muito grande, isso me faz sentir em Alexandre Arraes e nossa primeira dama o amor e o zelo que eles tem por Araripina”, disse.

ASCOM – PMA (Fotos: Fabiano Alencar)

MARINA SILVA DIZ QUE “FIOU” JUNTO COM CAMPOS NOS ÚLTIMOS SEIS MESES

Marina-no-eventoVice na chapa de Eduardo Campos (PSB), a ex-senadora Marina Silva (PSB) tomou há pouco o microfone no evento de oficialização da postulação e assegurou que a chapa transmite segurança na transformação social que a sociedade tem demonstrado esperar. “Estamos aqui para demonstrar que a esperança havia vencido o medo. Não era mentira. Era o que o povo brasileiro vivia e vive agora”, afirmou, arrancando aplausos da plateia presente.

Ela ressaltou que passou os últimos seis meses ao lado do ex-governador Eduardo Campos construindo um projeto baseado em um programa e não em um ajuntamento eleitoral.

Blog Folha/ Foto: Diogo Monteiro

REPRESENTANDO O PAI, RAQUEL LYRA LÊ MENSAGEM NO ATO

Com a impossibilidade de o governador João Lyra Neto (PSB) se fazer presente no evento de lançamento da candidatura presidencial de Eduardo Campos – ele teve que ficar em Pernambuco para receber a presidente Dilma Rousseff (PT), a deputada Raquel Lyra (PSB) o representou no ato, com a leitura de uma mensagem endereçada ao presidente nacional do PSB.

“Nossa história política tem raízes profundas na luta pela democracia e por melhores condições de vida para o povo brasileiro. Sempre estive unido com a Frente Popular. O político Eduardo deixa uma experiência de gestão que extrapola o seu Estado. Meu apoio à chapa presidencial”, diz o texto.

Com informações de Diogo Monteiro, direto de Brasília/Blog Folha

ARIANO: CAMPOS É O HOMEM MAIS BRILHANTE QUE CONHECI

Ariano-SuassunaPresidente de honra do PSB, o escritor Ariano Suassuna foi convidado a dar o seu depoimento durante o lançamento da candidatura presidencial do ex-governador Eduardo Campos. O artista afirmou que o presidente nacional do PSB é o homem mais brilhante que ele conheceu, que o “decepciona” de forma positiva, realizando mais ações do que era esperado. E defendeu ainda que seja feito um esforço para fazer o Brasil conhecer o correligionário, uma vez que ele ainda não é uma figura nova para a maioria dos brasileiros.

“Precisamos mostrar quem é Eduardo Campos, o que faz e como faz. Eduardo decepciona ao contrário. Eu esperava que ele fizesse 70, ele fez 120. O Nordeste já sabe e espero que o Brasil conheça. É o homem mais brilhante que conheci”, exaltou Ariano Suassuna.

O escritor afirmou também que as trajetórias de Eduardo e Marina Silva são exatamente o que o País precisa para seguir adiante. “Chega de eleição onde a disputa é do presente contra o passado. Agora, é presente contra o futuro”, ressaltou.

No meio da “multidão” que acompanha o evento, alguém pede para Ariano Suassuna puxar o praticamente hino socialista “Madeira do Rosarinho”, no entanto, o escrito alega não ter voz e pede para cantarem primeiro.

POESIA

O poeta pernambucano Antônio Marinho, que acompanha o ex-governador desde a sua adolescência, também está presente no evento de lançamento de Campos e fará um improviso em instantes.

Com informações de Diogo Monteiro, direto de Brasília/Blog Folha/ (Foto: Diogo Monteiro).

IBOPE E VOX POPULI DEVEM DIVULGAR PESQUISAS ESTA SEMANA

avotoPelo menos duas pesquisas sobre a corrida presidencial devem ser divulgadas ao longo desta semana. Os institutos Ibope e Vox Populi registraram, nos dias 12 e 11 de abril, respectivamente, suas pesquisas na Justiça Eleitoral.

A pesquisa Vox Populi foi contratada pela Editora Confiança, que publica a revista Carta Capital, e deve ser divulgada na próxima quarta-feira (16). O Ibope, por sua vez, deve liberar o resultado de seu levantamento na próxima quinta-feira (17).

Nos últimos meses, pesquisas sobre avaliação do Governo Federal e intenção de voto têm sido aguardadas com grande expectativa pelo mercado financeiro. Resultados negativos para a presidente Dilma Rousseff (PT) têm influenciado positivamente ações de empresas estatais, como a Petrobras. (Estadão)

FALTANDO 60 DIAS DA COPA, POLICIAIS FEDERAIS PROMETEM PARAR DURANTE O EVENTO

apolíciaA exatos 60 dias para o início da Copa do Mundo, policiais federais fizeram um protesto na Praia de Copacabana na manhã deste domingo (13) e prometem fazer greve durante o evento esportivo. Cerca de 300 policiais e familiares marcharam pela Avenida Atlântica com cinco elefantes brancos infláveis, para reivindicar melhores condições de trabalho, reajuste salarial e reestruturação da carreira.

O presidente do Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal do Estado do Rio de Janeiro, André Vaz de Mello, explica que a Marcha dos Elefantes, junto com uma paralisação de um dia, é para mostrar para a sociedade as condições precárias de trabalho dos policias e a ineficiência do atual modelo de segurança pública.

“A gente pede a reestruturação das carreiras, com as atribuições dos cargos de papiloscopista, agente e escrivão definidas por lei, porque não tem isto até agora, e no mínimo uma reposição inflacionária para a gente poder sentar e conversar. O elefante branco é a ineficiência do nosso modelo de segurança pública, no qual 96% dos inquéritos não dão em nada, só 2% apontam realmente e punem os culpados. Em nenhum lugar do mundo isso existe”, disse.

De acordo com ele, a categoria está há sete anos sem aumento. “Toda vez que a gente tem sentado com o governo, por meio da Federação Nacional dos Policiais Federais que está negociando lá [em Brasília], é sempre um passo para trás, o governo vem sempre com um desrespeito total. A gente aguarda até a Copa do Mundo, mas estamos com a mesma proposta de Brasília e dos outros estados: é parar na Copa do Mundo, principalmente os aeroportos”.

Mello diz que os serviços essenciais serão mantidos em uma eventual greve, como foi mantido na paralisação de hoje. Mas, segundo ele, uma greve da Polícia Federal representa risco para a segurança do país.

“O governo federal tem dito que consegue nos substituir com outros servidores, como Exército, Força Nacional e outros policiais, só que dentro do aeroporto não tem como, é uma função muito específica, a imigração requer que o cara tenha experiência naquilo ali. Pode substituir, mas o governo vai ter que abrir a porteira e deixar entrar procurados de fora [do país], terroristas, que são um risco para a sociedade e para o Brasil nesse evento grande, que é a Copa do Mundo”,observou.

Este foi o sétimo protesto organizado neste ano pela categoria. Os sindicatos denunciam gestão ineficiente, segregação funcional, evasão de servidores qualificados, falta de atribuições por lei, sucateamento funcional e material, congelamento salarial e gestão precária dos recursos humanos dentro do órgão. (Diário de Pernambuco)

 

INDÚSTRIA NAVAL DEVERÁ CRIAR MAIS 20 MIL EMPREGOS ATÉ 2017

anavalA presidente Dilma Rousseff afirmou durante discurso de lançamento do navio Dragão do Mar, que ganhou as águas do Oceano Atlântico nesta segunda-feira (14), que a indústria naval brasileira irá criar cerca de 20 mil novos empregos até 2017. Segundo ela, o saldo atual é do setor é de 80 mil vagas de trabalho, número que passará dos cinco dígitos (100 mil) nos próximos anos.

“Nós já multiplicamos os empregos por 10 nos últimos 10 anos. Em 2003, a indústria naval gerava cerca de 8 mil empregos e hoje está perto de 80 mil. Isso é algo que um país não pode abrir mão. Uma nação que leva em consideração a demanda da sua população por trabalho não pode ignorar esse crescimento. Eu tenho muito orgulho dessa cadeia que construímos. A Transpetro contrata, o Governo Federal financia e o estaleiro Atlântico Sul constrói. Dessa forma, estamos consolidando esse setor no Brasil”, explica.

Na sua fala, a presidente detalhou a forma como o seu governo tem investido na indústria naval e na política da compras nacional. “Nós reconstruimos essa indústria primeiramente porque mudamos a política de compras do Brasil. Agora, a gente pode comprar fora para construir aqui. Muita gente não sabe, mas já fomos a segunda maior indústria naval do mundo. Só que os governos não investiram nisso e houve uma grande derrocada no setor. Não havia incentivo, nem políticas de compra. Ao mudarmos essa regra, garantimos nossa produção e, hoje, 10 estados da federação têm estaleiros ou plantas que dão sustentação a indústria naval”, reforça.

A presidente ressaltou também que, além dos estaleiros Atlântico Sul e Promar, o Complexo Portuário de Suape está aumentando sua capacidade de receber cargas com incentivos federais. “Estamos investindo R$ 1 bilhão em obras de dragagem e construção de terminais. Vamos expandir esse porto. Pernambuco nem tinha indústria naval e hoje é um estado que se destaca, tendo ainda a Refinaria Abreu e Lima e outros grandes investimentos. E foram esses incentivos que viabilizaram a localização da indústria automobilística (Fábrica da Fiat) aqui. Ao longo da história, o Nordeste sempre ficou em segundo plano. Não no governo do presidente Lula, nem no meu governo.”

Dilma continuou o discurso enfatizando que têm muito orgulho dos trabalhadores de Ipojuca. “Sei que as pessoas aqui têm diversas origens. Temos açougueiros, faxineiras, cortadores de cana que hoje são profissionais da indústria naval brasileira. Indústria que nós precisamos para nos transformar cada vez mais em um país rico e não exportar para fora do Brasil o que temos de mais sagrado, que é o emprego das famílias. Todo nosso esforço é para criar oportunidade para os brasileiros e nos próximos três anos, vamos continuar criando.” (Diário de Pernambuco)

PREFEITO ALEXANDRE ARRAES APOIA A FUNDAÇÃO DO SINDICATO REGIONAL DOS ACS/ACE

asindicatoNa última sexta-feira (11) o prefeito Alexandre Arraes esteve acompanhado da primeira dama, Roberta Arraes e os vereadores da base, do qual foram bem recebidos por todos os presentes, no grande encontro regional dos ACS na sede de Araripina, para prestar apoio à categoria, e ao novo presidente que estará à frente da Fundação do Sindicato Regional dos Agentes Comunitários de Saúde.

O objetivo da reunião foi tratar de determinados assuntos da categoria das 10 cidades do Araripe – Araripina, Trindade, Ipubi, Bodocó, Ouricuri, Exú, Granito, Moreilândia, Santa Filomena e Santa Cruz, sobre a Fundação do Sindicato Regional dos Agentes Comunitários de Saúde e a votação na escolha do seu representante.

asindicato1Eleito por aclamação, o presidente regional dos ACS é da cidade do Exú, Francisco Herivaldo Pereira de Oliveira do qual recebeu do prefeito Alexandre Arraes e da primeira dama, Roberta Arraes, total apoio tanto como gestor do município, como presidente do Consórcio Intermunicipal do Sertão do Araripe – CISAPE, para discutir projetos e sugestões que possam melhorar a saúde pública da região.

“Trabalhamos em parcerias, sabemos da importância desta categoria na ajuda a diminuição dos riscos de saúde que afetam nossa população. Nesta gestão, somente aqui em Araripina, já realizamos várias reuniões com os Agentes de Saúde e discutimos inúmeros assuntos, além da valorização na unificação e melhorias no piso salarial. Como presidente do CISAPE, estamos com 13 prefeitos que defendem e trabalham pela melhoria da categoria e da saúde como um todo, nos colocamos a disposição para receber o sindicato para discutir metas na diminuição dos riscos que afetam nossa população”, enfatizou o presidente do CISAPE, Alexandre Arraes.

asindicato2No evento, que contou com Agentes Comunitários de Saúde de todas as cidades do Araripe, estiveram presentes também, a representante da Nona Geres, Joelma Rodrigues, representante da Saúde de Araripina, Viviane Batista, a presidente do ACS da cidade, Jineúde Trajano, Jurídico do Sindicato, Dr. KildareMelor por Deus, da Central Única dos Trabalhadores, Antonio Bernardino Filho (Sassé), os vereadores da Câmara Municipal de Araripina –Luciano Capitão (presidente), Francisco Edvaldo (líder do governo), Deval da Saúde, Tico de Roberto, Humberto Filho, Divona, Bringel Filho, João Dias e Deval do Gergelim e Assessoria de Comunicação da prefeitura.

 ASCOM – PMA (Fotos: Fabiano Alencar)

MULHERES FORAM DETERMINANTES PARA ÊXITO DA GESTÃO EDUARDO CAMPOS

amulheres2Ao iniciar seu primeiro mandato em 2006, o ex-governador de Pernambuco e agora presidenciável Eduardo Campos, já deixava claro que em seu governo as mulheres teriam ampla participação. Não fez por menos. Consolidou políticas públicas que fortaleceram as pernambucanas, a exemplo da criação da Secretaria Estadual da Mulher, criada para coibir, principalmente, os casos de violência doméstica em nosso Estado.

As mulheres também passaram a ter respeito e dignidade através de programas como “Nenhuma Pernambucana sem Documento”, além dos cursos profissionalizantes ofertados e do acesso ao emprego e renda promovidos pelo Estado.

amulheresEm Araripina, a gestão Alexandre Arraes, mostrando-se antenada com o Palácio, criou a Secretaria Municipal da Mulher para planejar e combater a violência contra as araripinenses. Inúmeras palestras sobre a Lei Maria da Penha, por exemplo, foram realizadas pelo Município no intuito de coibir a violência doméstica.

Todo esse trabalho não passou despercebido do presidenciável antes de sua saída. Mês passado, antes de deixar o governo, Eduardo fez questão de reunir mais de 4 mil representantes de vários municípios delas na capital pernambucana para agradecer pessoalmente pela cooperação e redução dos índices de violência no Estado durante o seu governo.

amulheres1Nossa secretária da Mulher Fabíola Paiva foi convidada e também recebeu os agradecimentos do governador Eduardo Campos, ao lado de outras ilustres mulheres como as deputadas Raquel Lira (estadual) e Luciana Santos (federal).

Ao final do encontro o governador entregou as chaves de uma casa que será entregue a uma ex-dependente química para início de vida nova após passar por tratamento na Casa de Abrigo – espaço criado na gestão Eduardo Campos para assistir as mulheres vítimas de violência.

 ASCOM – ARARIPINA

LULA SAMPAIO VAI SEGUIR ORIENTAÇÃO DO PTB E GARANTE QUE NÃO VOTA EM RAIMUNDO PIMENTEL

alulaO ex-prefeito Lula Sampaio (PTB), uma das mais importantes lideranças políticas do bloco de oposição não vai votar no deputado estadual Raimundo Pimentel para deputado estadual. Ele vai seguir a orientação da Executiva Estadual do PTB e votar nos candidatos do partido. A decisão política de Lula Sampaio vai promover um grande racha na oposição, vez que o ex-prefeito lidera a maior parte das lideranças oposicionistas, sobretudo as bases comunitárias.

Lula Sampaio confirmou que apoiará os candidatos Jorge Côrte Real para deputado federal e Romário Dias para estadual. Inclusive, já está em pré-campanha buscando apoio para os seus candidatos. Lula Sampaio e Raimundo Pimentel estão literalmente medindo forças para ver quem sai melhor nas eleições que se aproximam e, sobretudo o que comandará e liderará o bloco de oposição. O racha já foi anunciado. Agora é esperar o resultado da eleição pra ver quem tem mais força política e eleitoral.

MAIS UMA IMPORTANTE LIDERANÇA COMUNITÁRIA ACREDITA NO PROJETO DE ROBERTA ARRAES

afarnezioA pré-candidatura a deputada estadual da presidente do diretório municipal do PSB em Araripina a cada dia vem se fortalecendo e ganhando novas adesões. O líder comunitário e militante político Farnézio do Cavalete é mais um representante das forças da juventude que acredita no projeto político do grupo liderado pelo prefeito Alexandre Arraes e confirmou apoio total à pré-candidata Roberta Arraes.

Farnézio disse que reconhece no prefeito Alexandre Arraes uma grande liderança que está preocupado com o bem estar da população e o desenvolvimento de Araripina. Por conta disso passa a integrar a base política do prefeito, que segundo ele tem muita responsabilidade e compromisso com a população. Farnézio é um militante bastante conhecido em Araripina, onde participou de várias campanhas ao lado de Lula Sampaio e Raimundo Pimentel. Contudo, ele não esconde a decepção e o arrependimento de ter militado em um grupo onde nunca foi reconhecido e que também não trabalhou por Araripina.

O prefeito Alexandre Arraes disse que se sentia muito feliz em contar com o líder comunitário no grupo político e que essas forças estão afinadas e buscando o melhor para Araripina. A pré-candidata Roberta Arraes também agradeceu o apoio que está recebendo de Farnézio e disse que o compromisso do grupo político é ter uma Araripina melhor para todos. (Foto: Fabiano Alencar)